Tag: violência (page 1 of 4)

Presos criminosos que roubaram carro de casal de idosos em São Luís

Criminosos foram presos por homens do 8º Batalhão da PM

Dois dos três criminosos que roubaram o carro de um casal de idosos no Planalto Vinhais l foram presos pela Polícia Militar. Daniel Pereira, 21 anos, e Ramon Costa de Assunção, 19 anos, levaram o veículo para o Sítio Santa Eulália, às margens da Via Expressa, para iniciarem o desmanche do automóvel.

Segundo a PM, o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) recebeu informações dando conta de que o carro das vítimas estava abandonado dentro do matagal na área do Sítio Santa Eulália. Equipes do 8º Batalhão foram enviadas ao local e encontraram o veículo sem as quatro rodas.

Os dois suspeitos foram presos na Vila Progresso e identificados pelas vítimas. Um deles passou mal e foi levado para o Socorrão 1 para atendimento médico. Em seguida, a dupla foi apresentada no plantão das Cajazeiras j para as providências cabíveis.

Roubo aconteceu na manhã desta quarta (21)

O crime aconteceu na última quarta-feira (21) e foi registrado por câmeras de segurança da casa do casal. O vídeo mostra toda a ação dos assaltantes, inclusive quando desceram do Siena e anunciaram o roubo. Um dos ladrões rende os idosos, enquanto o outro os revista em busca de algum pertence de valor. O terceiro suspeito aparece e em seguida, fogem no automóvel.

O terceiro suspeito ainda não foi localizado.

Casal de idosos é vítima de bandidos armados em São Luís

Casal de idoso foi assaltado na manhã desta quarta (21) no Planalto Vinhais

Um casal de idosos foi abordado por três assaltantes armados quando estavam voltando para casa na manhã desta quarta-feira (21). O caso foi registrado por câmeras de vigilância por volta das 7h da manhã na Rua 2, no bairro Planalto Vinhais I, em São Luís.

No momento em que os idosos estavam chegando em casa em um Ecosport de cor prata (placa OJP-5047), os homens passaram em um Siena, deram a volta no quarteirão e encontraram o casal ainda desembarcando do veículo.

O vídeo mostra toda a ação dos assaltantes, inclusive quando desceram do Siena e anunciaram o roubo. Um dos ladrões rende os idosos, enquanto o outro os revista em busca de algum pertence de valor. O terceiro suspeito aparece e em seguida, fogem no automóvel dos idosos.

Moradores disseram que os idosos não imaginaram que o veículo que passou na rua tinha a intenção de assaltá-los. “Eles não imaginaram que iriam ser assaltados e por serem idosos, era mais difícil o desembarque”, afirma o morador que preferiu não se identificar.

No vídeo é possível ver que os assaltantes agiram de forma violenta. (CONFIRA VÍDEO ABAIXO)

“Davi avançou para cima com uma faca”, alega oficial suspeito de matar genro

Davi Bugarin morreu ao levar dois tiros efetuados pelo sogro

O tenente-coronel da Polícia Militar, Walber Pestana da Silva apontado como autor do assassinato do empresário Davi Bugarin, 26 anos, afirmou à polícia que atirou contra o genro em legítima defesa. Ele prestou depoimento e foi liberado por não estar em estado de flagrante.

O militar reformado alegou que chegou em casa, por volta das 18h, encontrou a residência com vários cômodos arrombados por Davi, porque a namorada estava se escondendo dele. Ele disse que tentou acalmar o genro, que ainda chegou a pegar uma faca para se ferir, dizendo que ia se matar, mas o coronel conseguiu tomar a faca algumas vezes.

Segundo o delegado Lúcio Rogério, titular da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), o policial aposentado disse que Davi ficou mais violento quando a sogra chegou em casa. “Quando a esposa do coronel chegou em casa, o Davi teria, segundo depoimento, ficado mais violento, foi quando o PM afirmou que foi ao quarto e pegou uma arma.

Ele alegou que Davi avançou para cima dele com uma faca, então ele deu um tiro de advertência que pegou em uma parede. Mas, como o genro não se deteve, o PM disse que atirou contra ele, atingindo a costela esquerda do jovem, o qual continuou seguindo em direção ao sogro, que disparou mais um tiro na costela do genro”, informou o delegado.

O PM disse ainda, em depoimento, que sua filha mantinha uma união estável com Bugarin há cerca de 1 ano. Ele disse que durante o Carnaval a filha viajou com as amigas, mas quando voltou para casa, acabou sendo agredida pelo namorado, que chegou a deixá-la trancada dentro da residência. “O senhor Walber afirmou que as agressões começaram desde às 5h de quinta-feira (15), seguindo o dia inteiro”, explicou o delegado.

Lúcio Rogério afirma que o caso continua sendo investigando e tudo o que coronel Walber Pestana disse em depoimento será averiguado. Até o momento, duas testemunhas que moram nas proximidades da casa onde o crime aconteceu já foram ouvidas, e outras pessoas também ainda serão interrogadas, para que o caso seja concluído.

Entenda o caso

O coronel reformado Walber Pestana assassinou Davi Bugarin com dois tiros, na noite dessa quinta-feira (15), no bairro Parque dos Nobres, na capital maranhense.

Segundo a polícia, o crime aconteceu após Walber Pestana presenciar sua filha sendo agredida pelo namorado Davi Bugarin.  O coronel reformado disparou dois tiros contra o jovem que morreu no hospital. Davi Bugarin era músico e dono de uma casa de shows, no Centro de São Luís.

Vereador de Apicum-Açu é morto a facadas após negar R$ 2 em uma festa

Vereador levou duas facadas ao negar dinheiro para o suspeito do crime

Um vereador do município de Apicum-Açu foi assassinado a facadas na madrugada desta terça-feira (2) ao se recusar a dar R$ 2 reais para uma pessoa. Ele estava em uma festa no povoado Turilana, na mesma cidade, quando foi morto após negar dinheiro para o suspeito.

De acordo com o sargento Ubiranilton da Polícia Militar, o suspeito de cometer o crime identificado como ‘Pelebreu’, de 25 anos, teria pedido a quantia de R$ 2 ao vereador que disse que não tinha.

O vereador seguiu para o seu veículo quando foi abordado novamente pelo suspeito. Após negar novamente ele foi atingido por duas facadas, sendo uma no peito e outra na costela. Após o crime, o suspeito fugiu e ficou escondido no cais do porto do povoado Turilana onde foi preso pela Polícia Militar.

O vereador Jorge Cunha, de 47 anos, não resistiu e acabou falecendo. Em uma rede social, o prefeito de Apicum-Açu e irmão da vítima, Cláudio Cunha, repudiou a Polícia Civil que liberou a festa sem o conhecimento do município.

“Por conta disso o município perde o controle completo, porque em qualquer lugar do país é preciso ter o mínimo de segurança. Isso é um verdadeiro absurdo a forma de como a pessoa foi morta, traiçoeiramente e isso pode acontecer com qualquer frequentador de festa”, disse.

Polícia investiga assassinato de funcionário do Ibama na Av. Litorânea

Polícia trabalha com três linhas de investigação: latrocínio, briga de bar e execução

A Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) investiga o assassinato do funcionário público Ademar Moreira Gonçalves, de 36 anos, morto na noite do sábado (14), com um tiro nas costas enquanto dirigia na Avenida Litorânea.

Segundo a polícia, após ser alvejado, o funcionário público perdeu o controle do veículo que dirigia e atingiu mais dois carros e uma motocicleta. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. No momento do crime, a Avenida Litorânea estava movimentada e o trânsito era lento.

A superintendência de homicídios trabalha com três linhas de investigação: crime ocasionado por um desentendimento em um bar; reação a uma tentativa de assalto; e execução. , A Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) informou que não irá mais dar detalhes sobre o caso, que será investigado em sigilo.

Ademar Moreira Gonçalves era natural de Porto Nacional no Tocantins e trabalhava como funcionário público na sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) em São Luís.

Motorista de carrinho-lotação é morto por taxista no Anel Viário

Motorista foi morto por taxista nesta terça-feira (3)

Um motorista de carrinho-lotação foi morto a tiros por um taxista, nesta terça-feira (3), no Anel Viário, em São Luís. O crime pode estar relacionado a uma briga entre eles registrada no dia anterior e que teria como motivo a disputa por passageiros.

A vítima foi identificada como Ivaldo Gomes de Sousa, de 45 anos. O autor dos disparos fugiu do local, mas sua identidade já foi descoberta pela Polícia Civil. O delegado Joviano Furtado do 1º Distrito Policial, no Centro, disse que as investigações vão apontar se o crime estaria ou não relacionado à disputa de passageiros na área.

Segundo testemunhas, Ivaldo trabalhava fazendo o transporte de passageiros no local e estaria tomando café em uma barraquinha próxima ao seu carro, momento em que foi surpreendido pelo taxista. A vítima ainda tentou fugir, mas acabou caindo, o que não fez o atirador cessar o ataque.

Ivaldo foi alvejado por cinco tiros que atingiram várias partes do corpo e chegou a ser socorrido, sendo levado para o Hospital Djalma Marques (Socorrão 1), mas não resistiu e morreu no hospital. Até as 16h desta terça-feira (3) o assassino de Ivaldo ainda não havia sido preso.

Sobrevivente de ataque que matou crianças em Bacabeira sofre novo atentado

Sobrevivente de ataque sofreu novo atentado na última semana

Um dos sobreviventes do ataque que resultou na morte de uma criança e um adolescente (relembre) em Bacabeira, a 58 km de São Luís, sofreu um novo atentado na última semana, três dias depois da reconstituição do crime.

Um grupo de homens armados invadiu sua residência e efetuou cinco tiros contra ele. Segundo os familiares da vítima, os agressores chegaram ao local de bicicleta depois de abordar um adolescente que pertence à família e a mãe da vítima.

Em matéria exibida pela TV Mirante, a mãe da vítima, que não quis ser identificada, disse que os homens chegaram perguntando onde o jovem estava escondido. Na sequência, entraram na residência e atiram cinco vezes contra a vítima que conseguiu sobreviver mais uma vez.

O jovem de 24 anos também não quis ser identificado, mas contou que ao ouvir os gritos da mãe tentou se esconder no banheiro da residência.

“Escutei só o barulho da voz dela gritando ‘Ai meu Deus! Ai meu Deus! Socorro!’ Ai eu percebi logo que era perigo e já fui desligando a lâmpada e já fui correndo para o banheiro. E eles atrás de mim atirando. Deram cincos tiros, viram que não pegou e saíram fora”, conta.

A família do sobrevivente se mudou do local com medo de novas investidas contra a vida do rapaz. A Secretaria de Segurança Pública ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Relembre o caso

Seis pessoas participaram do assassinato e da ocultação de cadáver de uma criança e um adolescente em uma cova rasa no Campo de Peris, em Bacabeira. Dois suspeitos do crime foram presos e revelaram onde os corpos dos garotos estavam enterrados. (Veja aqui)

Dois suspeitos de participarem do crime estão presos; outros quatro foram identificados

As vítimas eram moradoras da Vila Samara, zona rural de São Luís e estavam desaparecidas desde a última terça-feira (1º). Erisvan da Silva Costa, de 12 anos e Roberto da Luz dos Santos de 11 anos, saíram para pescar com mais um adolescente de 15 anos e um jovem de 24 anos quando foram atacados por um grupo de homens armados com facões e armas de fogo.

Os dois jovens conseguiram fugir do ataque e foram encontrados por moradores da região. O adolescente de 15 anos foi baleado na boca, enquanto o  jovem de 24 anos foi ferido com vários golpes de facão e tiros.

Quarteto é preso após manter taxista refém em porta-malas durante arrastão

Quarteto foi preso no Parque Jair durante abordagem do Choque

Quatro homens foram presos nesta quarta-feira (9), na Estrada da Vitória, no Parque Jair, em São José de Ribamar, após roubarem um táxi para cometer assaltos. Eles prenderam o taxista no porta-malas durante os arrastões. O bando foi levado para o 6º Distrito Policial, na Cohab.

De acordo com a vítima, os quatro homens entraram no táxi na Cohab e pediram para ir ao Maranhão Novo.  Depois de chegar ao destino, pediram para seguir em direção ao Retorno da Cohama, onde anunciaram o assalto e colocaram o taxista no porta-malas do veículo.

Já no táxi, os bandidos praticaram vários assaltos antes de serem interceptados pelo Batalhão de Choque na Estrada da Vitória. O carro, que ainda não tem nem placa, foi abordado pela PM e durante a ação, os policiais ouviram batidas no porta-malas e a voz de uma pessoa.

O taxista foi resgatado e os suspeitos presos em flagrante. Com eles a PM apreendeu um revolver calibre 38, munição, celulares, joias, relógio e dinheiro. Os suspeitos presos foram identificados como  Luciano Moraes Melo, 20 anos, Jackson Silva de Sousa, 23 anos, Cleison Silva da Costa e um homem identificado apenas como Ronaldo, deficiente.

Primeira-dama de Paço leva dois tiros na Estrada do Sítio Grande

Primeira-dama leva dois tiros na Estrada do Sítio Grande

A primeira-dama e secretária de Administração, Gestão e Finanças de Paço do Lumiar, Núbia Feitosa, levou dois tiros na tarde desta sexta-feira (28) na Estrada do Sítio Grande, que interliga a Estrada da Maioba ao conjunto Maiobão.

Segundo a assessoria de comunicação, ela estava voltando pela Estrada do Sítio Grande acompanhada por dois assessores, quando avistou um homem agredindo uma mulher dentro do veículo.

Núbia Feitosa pediu para parar o veículo e foi tentar acalmar o agressor e tirar a mulher do alcance dele. No entanto, o homem (possivelmente bêbado) discutiu com a primeira-dama, tendo sacado a arma e atirado duas vezes contra ela.

A secretária foi socorrida e encaminhada para um hospital particular de São Luís para ser submetida a procedimento cirúrgico. Os tiros acertaram a mão, o rosto e o ombro de Núbia Feitosa, que não corre risco de morte.

O prefeito Domingos Dutra (PCdoB) afirmou que o autor dos disparos pode ter sido um sargento da Polícia Militar.  “Há uma campanha de ódio em Paço do Lumiar contra mim e contra Núbia. Não sei se isso tem alguma ligação e é preciso que a polícia investigue”, afirmou o prefeito.

A Polícia Militar realiza buscas para tentar identificar e prender o suspeito.

Suspeito morre em tiroteio com policiais militares em São Luís

    Suspeito morreu em confronto com a polícia

Um jovem de 19 anos morreu durante confronto com a Polícia Militar na tarde desta sexta-feira (14) no bairro Cantinho do Céu.  Ele foi identificado como Matheus Cunha Costa e apontado como um responsável pela venda de drogas e com envolvimento em diversos roubos de carros e residências.

Segundo a Polícia Militar, os policiais do Batalhão Tiradentes avistaram Matheus em companhia de outro comparsa e decidiram fazer a abordagem dos suspeitos. Neste momento, os dois começaram a atirar contra os militares, que revidaram os disparos.

Matheus foi alvejado no pescoço, enquanto o comparsa conseguiu fugir. Ele foi levado para o Hospital Djalma Marques (Socorrão 1), mas não resistiu ao ferimento e morreu. Durante a troca de tiros, um dos disparos acertou o paralama da motocicleta de um dos policiais.

Com o suspeito, a polícia encontrou uma pistola e cinco munições. Atualmente, o suspeito atuava na venda de drogas, além de ter envolvimento em diversos roubos de carros e residências.

O corpo de Matheus foi levado para o Instituto Médico Legal para ser submetido a necropsia e em seguida liberado para a família.

Older posts

© 2018 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑