Tag: Polícia Militar (page 1 of 5)

Mais três suspeitos são presos pela emboscada que matou PM na Maioba

Dois suspeitos foram presos no Monte Castelo e o terceiro preso pela Homicídios

Mais três homens foram presos por suspeita de participação nos homicídios do cabo da Polícia Militar Josélio Rocha Silva e seu enteado Yuri de Paula Silva, no último domingo (12). Robson Rudson, conhecido como Divinéia, 23 anos, e Edmilson Viana Ribeiro Júnior, o Junior Peste, de 27 anos, foram capturados na noite desta terça-feira (14), no bairro Monte Castelo, em São Luís. A polícia confirma que sete pessoas participaram diretamente da emboscada.

Os dois foram presos quando policiais militares do 9º e do Batalhão Tiradentes interceptaram um veículo no bairro Monte Castelo, em São Luís, e encontraram dois homens. Eles foram apontados como os principais articuladores e responsáveis pela emboscada que matou o PM e seu enteado, além de deixar duas pessoas feridas, entre elas um bebê de um ano.

Júnior Peste tem várias passagens pela polícia por homicídio, tentativa de homicídio, associação criminosa armada, trafico de drogas e roubo qualificado por uso de arma de fogo. Os dois suspeitos são integrantes de uma facção criminosa que atua em bairros de São Luís. Eles foram encaminhados para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) como suspeitos de participação no crime.

Abacate foi preso por policiais da SHPP

O terceiro suspeito, identificado como Mateus Vinícius da Silva, o Abacate, 19 anos, foi preso por policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) por força de mandado de prisão. Ele também tem envolvimento na emboscada realizada no último domingo (12).

No dia do duplo homicídio, policiais militares conduziram outros dois relacionados ao crime. Álvaro Teixeira Santos e Werbeth Mendes Pinho, conhecido por Bebeto, ambos de 27 anos foram localizados nos bairros Liberdade e Pão de Açúcar, respectivamente. Deles, os policiais disseram que apenas Bebeto confessou participação no crime, mas Álvaro teria sido reconhecido por uma das vítimas, de acordo com a polícia.

Suspeitos foram presos no bairro da LIberdade

Relembre o crime

O crime aconteceu na tarde deste domingo (12), na Estrada da Maioba, próximo a Estrada do Sítio – via que dá acesso ao Maiobão. Yuri Chacal, a esposa, o filho de um ano, a mãe e o policial passaram o dia em um parque aquático da região e estavam voltando para casa quando foram surpreendidos por seis homens em dois carros.

Policial e enteado foram executados na estrada da Maioba

Os criminosos deixaram o veículo que levava as vítimas passar a frente para só depois atacar. Dois homens desceram, correram em direção ao carro do policial e efetuaram vários disparos. A esposa de Yuri e o filho do casal foram alvejados, assim como o policial e o próprio Chacal. Apenas a mãe dele, companheira do cabo Josélio saiu ilesa do atentado.

As investigações são de responsabilidade da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Dois suspeitos são presos por participação na morte de PM na Maioba

Os dois suspeitos foram presos no bairro da LIberdade

Dois suspeitos de envolvimento na emboscada que terminou com a morte do cabo da Polícia Militar Josélio Rocha Silva e seu enteado Yuri de Paula Silva, o Chacal, foram presos no bairro Liberdade. Eles foram identificados como Álvaro Teixeira Santos, 27 anos, e Werbeth Mendes Pinho, o Bebeto, 26 anos.

A polícia chegou ao paradeiro deles após denúncias recebidas pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciops). Um dos veículos usados na emboscada foi encontrado na Travessa Nossa Senhora das Graças em frente à residência de Álvaro que acabou sendo preso pelos militares do 9º Batalhão da PM.

Ao ser questionado sobre o assassinato, o suspeito disse que havia emprestado o carro para Werbeth pela manhã e disse que levaria os policiais até a casa dele localizada na Travessa São Jorge, onde o segundo suspeito acabou preso. Bebeto confessou o crime e deu detalhes de como tudo foi planejado, além de citar o nome dos demais envolvidos no crime. Os dois são membros de uma facção criminosa.

Os dois suspeitos foram conduzidos ao Plantão Central de Homicídios para serem autuados por homicídio qualificado. Segundo a polícia, todos os envolvidos foram identificados e estão sendo procurados pelas forças de segurança.

Policial e enteado foram executados na estrada da Maioba

O crime aconteceu na tarde deste domingo (12), na Estrada da Maioba, próximo a Estrada do Sítio – via que dá acesso ao Maiobão. Yuri Chacal, a esposa, o filho, a mãe e o policial passaram o dia em um parque aquático da região e estavam voltando para casa quando foram surpreendidos por seis homens em dois carros.

Os criminosos deixaram o veículo que levava as vítimas passar a frente para só depois atacar. Dois homens desceram, correram em direção ao carro do policial e efetuaram vários disparos. A esposa de Yuri e o filho do casal foram alvejados, assim como o policial e o próprio Chacal. Apenas a mãe dele, companheira do cabo Josélio saiu ilesa do atentado. (veja o vídeo abaixo)

Policial e enteado são executados na Estrada da Maioba

Policial e enteado foram executados na estrada da Maioba

Um policial militar e seu enteado foram executados na tarde deste domingo (12), na estrada da Maioba, próximo a estrada do Sítio Grande – via que dá acesso ao Maiobão. Os assassinos estavam em dois carros: uma Saveiro de placas OJF-8795 e um Peugeot de placa NHA-6987.

Segundo informações da Polícia Militar, o policial morto era lotado no 9°BPM e estava no carro junto com o enteado, indivíduo que supostamente seria o alvo do atentado. As vítimas foram identificadas como cabo Jocelio e Yuri de Paula, conhecido como o Chacal. Ainda de acordo com a PM, um bebê de um ano que estava no carro também foi alvejado, mas sobreviveu e foi levado ao hospital.

Policial e enteado estavam passando pela via quando foram surpreendidos pelos homens que ocupavam os dois veículos. Houve troca de tiros e o Cabo da PM e o filho de sua mulher acabaram alvejados. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionadas para prestar Socorro, mas ao chegarem no local os dois já estavam sem vida.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção dos corpos do local. A Polícia Militar realiza buscas para tentar localizar os autores do duplo homicídio. Até a publicação desta matéria ninguém havia sido preso ou identificado.

Inscrições do concurso da PM do Maranhão são adiadas

As inscrições para o concurso da Polícia Militar do Estado do Maranhão, que teriam início nesta segunda-feira (16), foram adiadas por tempo indeterminado.

O comunicado foi publicado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

A nova data será divulgada por meio de edital de retificação. O motivo do adiamento não foi divulgado.

Concurso

Serão preenchidas 1171 vagas e será feito cadastro de reserva. Oportunidades são para nível médio e superior de ambos sexos na patente de 1º tenente do quadro de oficiais de saúde (salário inicial R$ 6.913,74) e soldado do quadro de praça oficial (salário inicial R$ 4.913,19). Confira o edital completo

Policiais fazem doação de brinquedos para crianças da Zona Rural

Policiais entregaram brinquedos a líderes comunitários

Policiais militares de São Luís realizaram uma “ronda especial” na quarta-feira (11), distribuindo brinquedos para crianças do Coquilho, Zona Rural da capital maranhense, que pertence a área de atuação do 6° Batalhão da Polícia Militar (6°BPM).

A doação aconteceu após uma campanha de arrecadação de brinquedos realizada internamente pelos policiais da unidade Militar.

Foram arrecadados mais de 400 brinquedos que foram entregues aos líderes comunitários da comunidade.

Para o comandante do Batalhão, Major Marcelo, também coordenador da campanha, o ato é uma forma de aproximação entre a polícia e a comunidade.

Homem é executado com tiro no pescoço na Feira do João Paulo

Homem trabalhava como engraxate e foi executado com tiro no pescoço

Um homem foi executado a tiros na manhã desta terça-feira (26) na Feira do João Paulo, em São Luís. A vítima não foi identificada, mas era morador de rua e trabalhava como engraxate na região. Ele estava na feira livre do bairro quando foi atingido por um tiro no pescoço.

Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que esteve no local, mas já encontrou a vítima sem vida no chão. Homens do 9º Batalhão da Polícia Militar isolaram a área até a chegada dos Policiais da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Os policiais colheram informações que possibilitem descobrir a autoria do crime e a dinâmica da execução. Muitos curiosos estiveram no local, mas ninguém disse ter visto a ação.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e o crime será investigado pela Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) da  Polícia Civil. Até a publicação desta matéria a vítima permanecia sem identificação.

PM é preso suspeito de participar de execução em Imperatriz

Policial foi preso durante operação da Polícia Civil

Um policial militar foi preso na noite desta terça-feira (15) por suspeita de envolvimento em uma execução de um homem no Centro de Imperatriz. Segundo informações, o cabo Wilson Castro de Nascimento, o Nego Wilson, teria participado da morte de Valdiney Pereira da Silva, dono de uma panificadora chamada “Todas Tortas”.

O cabo foi preso na Avenida Pedro Neiva durante uma operação da Polícia Civil. Ele é apontado nas investigações do crime como o responsável por efetuar os disparos contra a vítima. O cabo da PM foi preso em cumprimento ao mandado de prisão pelo assassinato de Valdiney.

A vítima foi alvejada próximo a sua casa, após um desentendimento com outros homens, durante uma conversa no dia 27 de abril deste ano.  Valdiney chegou a ser socorrido, mas morreu minutos depois de ter dado entrada no Hospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão.

Segundo a polícia, a vítima já esteve presa suspeita de fazer parte de uma quadrilha de ladrões de bancos e teria se desentendido com outros membros da organização criminosa momentos antes de ser baleado pelo policial militar.

O delegado regional Eduardo Galvão informou que a operação continua e existe uma investigação em curso que apura a participação de outros agentes do estado em outros crimes cometidos no Maranhão.

A operação da Policia Civil está em andamento na cidade de Imperatriz.

Alunos são presos por tráfico de drogas e furto dentro de escola

Alunos foram presos por tráfico, corrupção de menores e furto

Alunos da Escola Doutor Francisco Xímenez Aragão Filho, na Vila Embratel, eixo Itaqui-Bacanga, em São Luís, foram presos, nesta sexta-feira (11), por tráfico de drogas, corrupção de menores e furto de um celular em sala de aula.

Os três “estudantes” foram identificados como Robson Lima dos Santos, de 18 anos, Fabrício de Jesus Pinheiro Pereira, de 18 anos e um adolescente de 17 anos. Eles foram descobertos depois que a diretora da unidade acionou a Ronda Escolar do 1º Batalhão de Polícia Militar para averiguar o furto de um celular em uma sala de aula.

Os policiais analisaram as imagens de vídeo monitoramento e conseguiram identificar os autores do furto. O adolescente furtou o celular, deu para Robson, que repassou para Fabrício.  O aparelho foi achado dentro do lixo do banheiro da escola.

Toda a movimentação foi registrada pelas câmeras de segurança. Na mochila de Robson, os policiais encontraram 114 trouxinhas de maconha, que ele alegou ser para venda.

Todos os envolvidos e material apreendido foram encaminhados para o 5º DP, onde Robson foi autuado por tráfico de drogas e corrupção de menor; Fabrício teve o auto de prisão lavrado por furto e corrupção de menor. O adolescente foi atuado por furto.

Policiais do 9º BPM são homenageados pelo Dia dos Pais

Policiais foram homenageados no Batalhão nesta sexta-feira (11)

Policiais lotados no 9º Batalhão da Polícia Militar foram homenageados com um café da manhã especial em comemoração ao Dia dos Pais na manhã desta sexta-feira (11), no Parque Folclórico da Vila Palmeira.

O evento também serviu como uma forma de reconhecer a redução da criminalidade na área de cobertura do batalhão e festejar o Dia dos Inativos.

Sargento recebe reconhecimento do tenente-coronel Harlam

Na ocasião, o sargento L. França, que completou 30 anos de efetivo serviço prestado à sociedade e passou à reserva remunerada, falou sobre os desafios enfrentados ao longo da carreira, das conquistas obtidas e das perspectivas de futuro.

Aos policiais mais novos, o sargento L. França direcionou palavras de encorajamento e esperança, através da leitura de textos bíblicos. No encontro, o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Harlan Silva reconheceu o empenho da unidade que resultou na redução da criminalidade em todos os 85 bairros abrangidos pelo batalhão.

O coronel Harlan aproveitou ainda para parabenizar  a todos os policiais da unidade pela data comemorativa e pelos inestimáveis serviços que o  sargento prestou à instituição Polícia Militar do Maranhão.

O sargento direcionou palavras de encorajamento e esperança, através da leitura de textos bíblicos

Capitão da PM é assassinado durante assalto a restaurante

Capitão da PM, Antônio Carlos Pinto de Farias foi morto com um tiro na cabeça

Um capitão da Polícia Militar do Piauí morreu durante uma troca de tiros com dois homens nesta quarta-feira (26), no Centro da cidade de Timon (MA). Um dos bandidos também foi alvejado e preso, enquanto o outro conseguiu fugir.

O oficial Antônio Carlos Pinto de Farias estava almoçando em um restaurante localizado na Avenida Presidente Médici, quando os dois suspeitos anunciaram o assalto. Ele reagiu e a ação dos bandidos e conseguiu alvejar um deles.

No tiroteio, o policial acabou sendo atingindo na cabeça, vindo a óbito ainda no local. Os dois ainda tentaram fugir, mas o suspeito ferido acabou encontrado pela polícia, baleado nas costas, e levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O outro conseguiu fugir.

Policiais que atenderam a ocorrência informaram que encontraram o policial militar piauiense com a própria arma e um revólver que acreditam ser de um dos suspeitos.

A Polícia Militar do Maranhão está em diligências para tentar encontrar o outro suspeito, que até a publicação desta matéria ainda não havia sido localizado. A Polícia Militar do Piauí enviou a coronel Júlia Beatriz, do Grupo de Gerenciamento de Crises e outros oficiais para acompanhar o caso. 

Older posts

© 2017 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑