Tag: Polícia Civil (page 1 of 6)

Polícia Civil investiga assassinato do prefeito de Davinópolis

Corpo do prefeito de Davinópolis foi encontrado em matagal neste domingo (11)

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) periciou o local do crime e o corpo do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, neste domingo (11). Os próximos passos da investigação são ouvir testemunhas.

O corpo de Ivanildo foi encontrado às 9h do domingo a dois quilômetros de sua chácara, no povoado Juçara, em Davinópolis. Segundo a polícia, o prefeito foi assassinado por arma de fogo.

“O exame de necropsia ainda vai ser finalizado, mas a princípio seria em torno de seis a sete disparos”, disse o delegado Praxísteles Martins, titular da DHPP em Imperatriz, à frente das investigações.

A polícia periciou a caminhonete e a chácara do prefeito, e o local onde seu corpo foi achado. Foram encontradas pequenas manchas de sangue e sinais de resistência da vítima, em seu quarto na chácara.

“Tinha pequenas manchas de sangue no quarto, mas algo bem discreto”, afirmou Praxísteles. “Os móveis não estavam revirados, mas pode até ter havido luta corporal. Tinha sinais de que houve certa resistência”, detalhou o delegado.

Agora a polícia aguarda os resultados da perícia e começa a ouvir testemunhas. A DHPP ainda não trabalha com nenhuma linha de investigação. “Vamos tentar conhecer um pouco da história da vítima nos últimos dias, nos últimos meses, para traçar uma linha mais definida para a investigação”, concluiu Praxísteles.

As investigações seguem sob o comando da DHPP de Imperatriz, com suporte da equipe de São Luís, cujo titular é o delegado Jeffrey Furtado.

Em nota, o Governo do Maranhão manifestou pesar pela morte do prefeito de Davinópolis e informou que vai tomar as providências cabíveis para elucidação do crime.

NOTA

O Governo do Maranhão manifesta profundo pesar pela morte do prefeito Ivanildo Paiva, de Davinópolis. Ao tempo que repudia o assassinato, informa que todas as providências estão sendo adotadas para elucidar o covarde assassinato, trabalhando para identificar autor/autores para que seja feita justiça. Toda solidariedade a familiares e amigos do prefeito Ivanildo Paiva nesse momento de dor e justa indignação.

Polícia prende dois suspeitos em operação contra a pornografia infantil no Maranhão

Os dois suspeitos foram presos durante a operação

A Polícia Civil realizou nesta quinta-feira (17), a Operação Luz na Infância 2, uma das maiores ações do mundo de combate à pedofilia. No Maranhão, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, em São Luis e Imperatriz. Dois suspeitos também foram detidos em flagrante. Eles foram identificados como Ozéias de Sousa Campos e Gustavo Carvalho Silva Campos.

As equipes procuravam arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. A força-tarefa é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) e ocorre desde as primeiras horas da manhã, num total de 24 estados, além do Distrito Federal. Mais informações serão divulgadas ao longo do dia.

Materiais pornográficos foram encontrados nos equipamentos apreendidos

Continue reading

Vídeo: delegado reage a assalto e põe bandidos para correr no Turu

Delegado reage a assalto quando passeava com cachorro no Turu

Uma câmera de circuito de segurança registrou o momento em que o delegado da Polícia Civil Sebastião Uchoa reage a uma tentativa de assalto, quando passeava com seu cachorro de estimação no bairro Turu. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (9), por volta das 6h50.

Nas imagens é possível ver o policial caminhando com seu cachorro. Os bandidos passaram por ele em uma moto, retornaram e tentaram fazer a abordagem. Atento, o delegado puxa sua arma e reage a tentativa de assalto efetuando alguns disparos contra os criminosos, que conseguiram fugir na motocicleta.

O delegado Sebastião Uchoa escapou ileso. Veja o vídeo abaixo:

Criança de seis anos morre após ser atingida com tiro no olho

Delo assassinou criança após atentado no Bairro de Fátima

Uma criança de seis anos foi morta a tiros na manhã deste domingo (6), na Rua da Fofoca, no Bairro de Fátima. O menino identificado como Pedro Matias Reis Martins levou um tiro no olho. Duas pessoas foram presas por homens do 9° Batalhão da Polícia Militar.

O crime aconteceu por volta das 10h30 e, segundo informações de moradores, foi cometido por um homem identificado como Edgleyson Gay Garcia Ferreira, 26 anos, o Delo. O suspeito tentava matar Djavan Estefano Lopes , mas acabou atingindo a. criança também.

O autor dos disparos fugiu após praticar o crime. Na fuga, deixou a arma com um comparsa para que este a escondesse. No entanto, ambos foram presos por militares do 9º BPM.

Comparsa escondeu arma usada no crime

O menino foi socorrido e levado ao Socorrão I, mas morreu ainda na ambulância, antes de receber qualquer atendimento. Djavan Estefano foi atingido no tórax e também foi levado ao Socorrão I, onde foi submetido a cirurgia.

Criança foi vítima da violência no Bairro de Fátima

Os suspeitos e a arma do crime foram levados para a Superintendência de Homicídios e proteção à Pessoa.

Vítimas de acidente com helicóptero são enterradas

Vítimas de acidente foram enterradas no Parque da Saudade e no Jardim da Paz (Reprodução G1/MA)

Foram enterrados na tarde desta segunda-feira (2) as vítimas de acidente com helicóptero modelo Robson 44, prefixo PP- WRV. A aeronave caiu em uma fazenda próxima ao município de Rosário, que fica a 75 km da capital São Luís.

O piloto da aeronave e policial civil, Alfredo Oliveira Barbosa Neto, foi enterrado às 16h, no cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar, localizada na região metropolitana de São Luís. Ele foi velado durante a manhã na Igreja Perpetuo Socorro, na Cohab.

Já os médicos foram enterrados no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais, às 16h30. Familiares, amigos e pacientes estiveram presentes durante o velório realizado durante a manhã na sede do Conselho Regional de Medicinal (CRM), no Renascença.

José Cleber Luz Araújo tinha 43 anos e era gastroenterologista; Rodrigo Capobiongo Braga, de 39 anos, era cirurgião vascular; e Jonas Eloi da Luz era anestesista e tinha 58 anos. Alfredo Oliveira Barbosa Neto era policial civil e ex-membro do Centro Tático Aéreo.

Relembre o caso

O helicóptero, que saiu de Lima Campos e pousaria em Paço do Lumiar, caiu em uma área de matagal no povoado Nambuaçu de Cima, em Rosário. Por causa do mau tempo, a aeronave voava baixo e bateu em uma árvore.

Os corpos das vítimas foram retirados das ferragens do helicóptero pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), em São Luís, e, depois, liberados para as famílias.

Mulher é presa ao tentar extorquir empresário com fotos íntimas em São Luís

Mulher é presa em flagrante ao tentar extorquir empresário com fotos íntimas

Uma mulher foi presa em São Luís após tentar extorquir um homem por meio da internet. Egídia Almeida Coelho Silva foi presa no começo da noite desta quarta-feira (28) no bairro Caratatiua. Ela teria tido acesso a fotos íntimas da vítima e ameaçava divulgar o material nas redes sociais caso não recebesse o pagamento.

Segundo policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a suspeita estava extorquindo a vítima há vários dias. Ela estava usando o Whatsapp para extorquir a vítima sob alegação de ter fotos íntimas dele do período do carnaval.  Egídia tentava coagir a vítima sob a ameaça  de vazamento das imagens na internet caso a chantagem não fosse paga.

Cansado das ameaças, o empresário resolveu procurar a Polícia Civil que começou a monitorar as extorsões. Quando Egídia marcou o encontro para entregar o dinheiro acabou sendo presa em flagrante no momento em que recebia a quantia exigida da vítima, a quantia de R$ 400.

Após análises Técnico Jurídicas, a suspeita foi autuada em flagrante pelo crime de extorsão e encaminhada ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Polícia apreendeu com a suspeita um pen drive, celular e dinheiro

Polícia prende suspeito de tentar matar ex-mulher com 18 facadas

Polícia Civil prendeu Gutemberg no estado do Ceará

Policiais Civis prenderam nesta terça-feira (20) em Ubajara, no Ceará, o suspeito de tentar assassinar a ex-mulher com 18 facadas no conjunto Maiobão. Gutemberg Matos Bezerra estava escondido na casa do ex-marido de sua mãe desde que cometeu o crime no dia 23 de fevereiro – quando também tentou mutilar a ex-companheira Girlene Araújo Silva, 37 anos.

Segundo a delegada Viviane Azambuja, responsável pelo Departamento de Combate ao Feminicídio no Maranhão, um trabalho conjunto com o serviço de inteligência da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e a polícia do Ceará permitiu a localização e prisão de Gutemberg.

“O crime que ele cometeu foi muito grave e a vítima só não morreu por circunstâncias alheias à vontade dele, pois ele realmente tinha a intenção de matar a ex-esposa e não demonstrou qualquer tipo de arrependimento”, afirmou a delegada, relembrando que Gutemberg tentou envenenar a vítima e cortar os seios dela.

Girlane foi esfaqueada 18 vezes pelo ex-marido

Girlene Araújo Silva tinha uma ordem de restrição contra o ex-companheiro, devido às várias agressões sofridas, mas Gutemberg premeditou o crime e deu um jeito de tirar o filho do casal da casa para colocar em prática seus planos.

Familiares informaram que Girlene foi submetida a duas cirurgias no Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão 2), ficou um tempo de internada em recuperação e recebeu alta.

Entenda o caso

Uma mulher identificada como Girlene Araújo silva, de 37 anos, levou 18 facadas dentro de casa no bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, na noite desta sexta-feira (23). Girlene foi levada até o Hospital Socorrão 2 em estado grave.

Parentes e amigos pedem que a população ajude a polícia a chegar no paradeiro do autor do crime, Gutemberg Matos Bezerra, que estaria inconformado com o término no relacionamento. O casal estava separado há cerca de dois anos e tem um filho adolescente.

Polícia apresenta suspeitos de matar adolescente desaparecida em São José de Ribamar

Seis suspeitos foram apresentados na segunda-feira (19) pela SSP

Seis dos nove envolvidos na morte da adolescente Lorena Luiza da Silva Furtado, de 17 anos, que estava desaparecida desde maio do ano passado foram apresentados pela Secretaria de Segurança Pública nesta segunda-feira (20). A motivação para o crime, segundo os suspeitos, teria sido o fato de a vítima pertencer a uma facção rival.

Ossada pode ser de jovem desaparecida desde maio de 2017

Segundo a Polícia, a causa da morte foi traumatismo craniano e a confirmação veio junto com o resultado do exame pericial que comprovou que a ossada encontrada no sítio era de Lorena. O sétimo envolvido já teria morrido, de acordo com a polícia, e os outros dois são adolescentes.

“A partir dessas prisões houve confissão, houve amostra dos locais e houve o esclarecimento das ocorrências”, declarou o delegado Carlos Alberto Damasceno durante a apresentação dos suspeitos.

A adolescente Lorena Luiza Silva Furtado tinha 17 anos e estava desaparecida desde o dia 6 de maio de 2017. A ossada dela foi encontrada no dia 9 de março deste ano, em um sítio na Vila Luís Fernando, em Paço do Lumiar.

Ossada encontrada em Ribamar pode ser de menina desaparecida

Ossada pode ser de jovem desaparecida desde maio de 2017

A Polícia Civil investiga se uma ossada encontrada, nesta sexta-feira (9), em matagal no bairro Luiz Fernando, é da menina Lorena Luiza, 16 anos, desaparecida, desde 6 de maio de 2017. A menina foi vista pela última vez em uma casa de show localizada na Estrada de Ribamar.

Os restos mortais foram encontrados depois da prisão de dois suspeitos. As prisões preventivas ocorreram no decorrer desta semana e foram realizadas pelas equipes dos delegados Damasceno (Seccional Norte) e da delegada Ana Zélia, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA).

Um deles confessou o crime durante depoimento à polícia. Ele deu detalhes sobre como tudo aconteceu. Em seguida, levou os policiais até o local onde o corpo foi enterrado. A Polícia Civil não forneceu mais detalhes sobre o caso para não atrapalhar a investigação.

Segundo a polícia, o material genético será recolhido e comparado com os restos mortais encontrados e em até 30 dias deve sair o resultado comprovando ou descartando se é ou não a jovem Lorena Luiza.

Segundo a família de Lorena Luiza, 16 anos, a jovem foi para uma casa de show conhecida como Mega Space, por volta das 19h. Ela estava sozinha, ligou quatro vezes para os pais e nunca mais foi vista. Lorena morava no conjunto Maiobão, em Paço do Lumiar, e era mãe de uma criança que na época tinha um ano e seis meses.

Homem é confundido com assaltante e é espancado em São Luís

Homem tentou fugir de assalto, mas acabou confundido com assaltante e espancado

Um vídeo divulgado em redes sociais mostrou imagens de um homem que foi espancado ao ser confundido com um assaltante nesta segunda-feira (5). O homem, que manteremos no anonimato, ficou com várias escoriações pelo corpo, foi conduzido pela Polícia Militar até a Delegacia da Cohab (6º DP) e liberado após a vítima do assalto dizer que ele não era um dos assaltantes que a abordaram.

De acordo com a informação repassada pela Polícia Civil, o homem viu bandidos assaltando uma mulher que estava em um bar. Com medo de ser vítima dos criminosos o rapaz resolveu correr. No entanto, próximo ao cruzamento da Forquilha, populares confundiram ele com um dos ladrões e iniciaram uma perseguição.

“Ele foi confundido ao tentar fugir da ação dos bandidos. O pessoal viu ele correndo e achou que estava junto com o suspeito. O homem foi bastante agredido e só não foi morto, porque a Polícia Militar chegou e impediu que os socos, pontapés e capacetadas continuassem”, afirmou um motorista que passava pelo local e tentou defender o rapaz.

No vídeo de um minuto e trinta segundos mostra o rapaz implorando para não ser agredido e vários homens insistindo que ele fosse espancado. Enquanto dois homens tentam imobilizá-lo, outros chutam sua cabeça, batem nele com o capacete e lhe dão pisões nas costas e pescoço.

Os dois populares que imobilizaram o rapaz

“Não foi eu não”, diz o rapaz.

“Foi tu sim, vagabundo”, diz um dos agressores que aparece com camisa azul usando um capacete para ferir o rapaz.

Outro diz “bota fogo nele rapaz”, enquanto alguém questiona: “Vai ter pena de ladrão?”

O vídeo termina com um dos homens pedindo para que o ato não seja filmado.

As agressões só cessaram depois que a PM chega e leva o homem e a vítima para a delegacia. Lá, a mulher que foi assaltada inocentou o rapaz. Ele foi levado para o hospital e orientado pelo delegado a registrar um boletim de ocorrência para tentar identificar os agressores que aparecem no vídeo.

VEJA O VÍDEO

Older posts

© 2018 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑