Tag: Alagamentos

Chuva alaga ruas e as principais avenidas de São Luís

Por causa da chuva, carros ficaram praticamente submersos no Renascença

A chuva que iniciou ainda na madrugada desta segunda-feira (16), continuou durante toda esta manhã, e trouxe diversos transtornos para os moradores da Região Metropolitana de São Luís. Praticamente todas as principais avenidas da cidade ficaram alagadas deixando o trânsito complicado.

Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro Cohab, a água tomou conta de toda extensão da via, dificultando a passagem de veículos e pedestres. O problema também foi registrado na Avenida Colares, no bairro Renascença, área nobre da cidade.

Alagamentos foram registrados em vários pontos da cidade

Situação semelhante na Avenida São Marçal, no bairro João Paulo, onde trânsito ficou paralisado por causa do grande volume de água que escorreu na avenida. Houve registro de alagamentos no Cohafuma, onde o trânsito ficou parado, na Avenida dos Africanos, próximo ao bairro Coroado, que também ficou alagada e na Avenida Beira-mar.

Em um condomínio, localizado no Altos do Calhau, parte de um muro caiu com a enxurrada da chuva.

Avenida Beira-mar também ficou alagada

Em todo o estado mais de duas mil pessoas estão desabrigadas em consequência do grande volume de chuva registrado nos últimos dias. Pelo menos 20 cidades foram afetadas pela chuva, sendo que nove estão em situação de emergência: Caxias, Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter e Tuntum.

Veja o vídeo 

Chuva forte causa alagamentos em ruas e avenidas da capital maranhense

Alagamentos foram registrados em diversos pontos da ilha

A chuva causou diversos transtornos à população de São Luís nesta terça-feira (14). As principais ruas e avenidas da cidade ficaram alagadas e houve registros de alagamentos e congestionamentos em diversos pontos da ilha.

Nas principais avenidas de São luís o trânsito estava congestionado

Quem precisou passar pela Avenida Jeronimo de Albuquerque, na altura do bairro Vinhais, enfrentou grande congestionamento porque metade da via estava alagada – nas proximidades da Curva do 90.

Já no Mercado Central a situação era caótica. A água cobriu toda a pista e chegou a arrastar um veículo. Dois agentes de trânsito fardados entraram na água ao ver o desespero de uma condutora e a resgataram. Até as calçadas ficaram submersas, o que dificultou o trânsito de pedestres.

A rodovia estadual MA-201 ficou completamente alagada. Conhecida como “Estrada de Ribamar”, a via interliga São Luís à cidade balneária de São José de Ribamar, situada na Região Metropolitana da capital. A Defesa Civil segue no monitoramento das áreas de risco para evitar ocorrências desastrosas.

Chuva provoca alagamento na Estrada de Ribamar

Nem mesmo meses de obras impediram o alagamento da via

A rodovia estadual MA-201 ficou completamente alagada após a forte chuva que ocorreu na noite desta segunda-feira (10).

Conhecida como “Estrada de Ribamar”, a via interliga São Luís à cidade balneária de São José de Ribamar, situada na Região Metropolitana da capital.

Um vídeo feito por internauta mostra que o alagamento chega a encobrir toda a pista da rodovia. Alguns veículos de passeio se arriscaram ao passar pelo local em baixa velocidade. (Veja abaixo)

Dividida em três etapas, a obra de requalificação da Região da Forquilha, que está orçada em R$ 8.5 milhões, contempla melhorias de drenagem, com aplicação de rede profunda de canalização, pavimentação de ruas, travessas e avenidas, além da alteração geométrica para ordenamento do trânsito.

União reconhece emergência em Marajá do Sena após enxurrada

As chuvas causam transtornos e prejuízos em Marajá do Sena.

A chuva intensa que cai sobre o Maranhão levou o Ministério de Integração Nacional a reconhecer situação de emergência na cidade de Marajá do Sena, no centro-sul do estado.  O município sofre com os alagamentos e enxurradas.

A medida, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (5), permitirá que a prefeitura solicite apoio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para ações de socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas.

Para ter acesso aos recursos materiais e financeiros de apoio emergencial disponibilizado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, o município deve apresentar um relatório com o diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta (PDR).

Todas as informações devem ser feitas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID), disponível aqui . Após a análise técnica por equipes da Sedec, o Ministério define o valor do recurso a ser disponibilizado.

© 2020 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑