Entidade reúne os 27 secretários estaduais de Saúde do Brasil

O secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, foi eleito o novo vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) para a Região Nordeste, nesta quarta-feira (21), em Brasília. A entidade, que reúne todos os 27 secretários estaduais de Saúde do Brasil, também escolheu a nova diretoria para a gestão 2018/2019.

A eleição do chefe da pasta da Saúde do Maranhão para o cargo de vice-presidente foi realizada de forma unânime por todos os representantes do Nordeste. Segundo Carlos Lula, o desafio é unificar as estratégias dos nove Estados do Nordeste para garantir maior eficácia às ações no âmbito da saúde pública nesta região do país.

“É uma alegria compor a diretoria do Conselho. A gente tem uma missão que é estabelecer uma pauta unificada do Nordeste – aspecto já mencionado para o presidente do Conass. Temos problemas comuns, temos desafios comuns. Além disso, a gente pretende fazer, em breve, um evento, primeiramente no Maranhão, para que possamos discutir e compartilhar as experiências exitosas dos estados”, antecipou o secretário Carlos Lula.

O encontro também elegeu o novo presidente do Conass, Leonardo Vilela, secretário de Estado da Saúde do Goiás, que enfatizou a importante atuação do secretário do Maranhão nos debates do Conselho.

“O secretário Carlos Lula é um secretário extremamente atuante, participa de todas as assembleias do Conass. Ele tem contribuído sobremaneira com suas ideias no nosso debate sobre saúde pública no Brasil e, agora na condição de vice-presidente do Conass para a Região Nordeste, vai contribuir de forma ainda mais incisiva. Será uma grande honra trabalhar com Carlos Lula”, disse.

Para a gestão 2018/2019, foram eleitos ainda os vice-presidentes da Região Norte, Vitor Manuel Jesus Mateus (SES/PA); Região Sul, Acélio Casagrande (SES/SC); Região Sudeste, Ricardo de Oliveira (SES/ES); e, Região Centro Oeste, Humberto Fonseca (SES/DF).