Fugitivos foram recapturados em um bar na Vila Luizão

Três fugitivos que haviam escapado a Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), antigo CDP do Complexo Penitenciário de Pedrinhas apareceram em um bar e acabaram sendo recapturados pelo Esquadrão Garra da Polícia Militar na madrugada desta quarta-feira (24).

O número de foragidos foi atualizado pelo governo nesta quarta-feira (24), após recontagem dos presos. A informação foi confirmada pelo delegado Thiago Bardal após a prisão destes três foragidos. Com a atualização o número de internos ainda foragidos é 16.

Os presos foram identificados como Ivan Pereira de Jesus (Tocantins), Roni Peterson Silva (Minas Gerais) e Jhemisson Ferreira Santos (Pará) e fazem parte do grupo que motivou o ataque ao presídio, quando foram usados explosivos para abrir um buraco no muro do CDP.

Com a prisão destes três, as forças de segurança do Governo do Estado chegam a 15 detentos recapturados e cinco morreram em confronto com policiais: dois nas dependências de Pedrinhas (Reveja), um no Itapera (Reveja) e dois em operação na Vila Conceição (Reveja).

Relembre o caso

36 presos fugiram do antigo Centro de Detenção Provisória (CDP) na noite deste domingo (21). Eles foram ajudados por homens armados com fuzis que usaram explosivos para derrubar parte do muro no fundo  do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, o maior presídio do Maranhão. A fuga ocorreu após explosão de um muro do Centro de Detenção Provisório (CDP), entre 20h e 21h.