Força-tarefa prendeu quatro suspeitos de invasão a posto da PRF

A operação policial montada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pela Polícia Militar do Maranhão (PMMA) conseguiu prender outros quatro envolvidos no sequestro de um PM, seguido de roubo de uma viatura e da invasão a Unidade Operacional da PRF de Açailândia, ocorridos no final da noite de sexta-feira, 23 de março, no município de Açailândia, sudoeste do estado do Maranhão.

De acordo as equipes destacadas para a região, após dois dias de caçada e cerco policial aos criminosos, agentes da PRF receberam informação de que na noite de domingo (25), no município de Açailândia, quatro homens teriam tomado de assalto uma carreta vermelha e feito o motorista de refém.

Todas as equipes e unidades policiais da região foram alertadas sobre o ocorrido e ficaram de prontidão à espera da carreta. Uma equipe da Polícia Militar destacada na saída de Açailândia para Imperatriz visualizou a carreta, fez o acompanhamento e conseguiu abordar o veículo nas proximidades da entrada para o município de São Francisco do Brejão-MA, na BR 010, ocasião em que eles ainda tentaram empreender fuga, mas foram rendidos pela guarnição. Em seguida foram levados para a PRF e, durante a madrugada, conduzidos para a sede da Policia Federal em Imperatriz-MA.

Reviravolta

No depoimento prestado aos policiais, o condutor da carreta contou que, por volta das 21h de domingo, foi abordado pelos assaltantes que o obrigaram a dirigir para o estado vizinho, o Tocantins, para em seguida fugirem para o estado de Goiás. Mas os policiais desconfiaram da versão apresentada pelo condutor e, quando realizaram consultas nos sistemas, descobriram que o mesmo é irmão de um dos assaltantes. À vista da informação, e após ser entrevistado, o condutor também foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal.

Suspeitos foram presos na noite de domingo

Arrombamentos e assaltos

A invasão às unidades da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal em Açailândia objetivavam conseguir armamentos, munições e coletes balísticos que seriam usados em arrombamentos a caixas eletrônicos e assaltos a bancos. De acordo com o depoimento dos envolvidos, a primeira ação aconteceria em uma agência bancária localizada no município de São Francisco do Brejão, próximo à Imperatriz.

Na estrada, na lama e no mato

Logo após a invasão, sequestro e tiroteio promovidos pelos assaltantes no dia 23, a PRF e a PM MA caíram em campo no encalço dos seis bandidos. A força tarefa contou com a participação de todas as polícias da região tocantina e de outras regiões. Equipes de PRFs do Maranhão e do Pará se deslocaram de várias partes para participar da missão. Foram dois dias de buscas nas rodovias, estradas vicinais ou à pé abrindo caminho pelos matos.

A polícia vai continuar os trabalhos investigativos no intuito de prender mais um acusado de participação nos crimes e levantar se existem outros envolvidos.

Relacionados

Nasce a Academia de Letras e Artes na cidade de Sã... Nasce a Academia de Letras e Artes na cidade de São Bernardo “Omnia vincit veritas”, trazendo essa expressão, que em português significa “A verdad...
Comunidade da Forquilha realiza 69º festejo em hon... Comunidade da Forquilha realiza 69º festejo em honra a Nossa Senhora das Graças. Veja programação A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, po...
Uso abusivo de whatsapp pode levar a indenização e... Uso abusivo de whatsapp pode levar a penalidades como indenização e até prisão, alerta advogada Entre as plataformas de comunicação digital, o wha...