Deputado criticou o fim das parcerias Governo e Prefeitura

O deputado Eduardo Braide destacou, nesta terça-feira (18), na tribuna da Assembleia, a situação de abandono em que São Luís se encontra. Além disso, o parlamentar questionou os motivos que teriam paralisado as obras, realizadas, segundo as propagandas, por meio da parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura da capital.

Braide citou algumas das promessas de campanha que deveriam ser cumpridas nos primeiros dias de governo. A primeira delas e também a mais básica, é a coleta de lixo. “A cidade vive um completo abandono. Buracos, lixo, escolas desabando, alunos sem merenda e sem aulas, falta de remédios e materiais básicos nos hospitais e unidades de saúde, salários de contratados atrasados, calote nas manifestações culturais” afirmou.

O parlamentar criticou ainda o problema com o sistema de bilhetagem eletrônica do transporte público. Braide disse que, passados os cem primeiros dias da nova gestão, o prefeito Edvaldo Holanda Júnior ainda não cumpriu nenhuma das promessas feitas.

Problema no sistema de recarga eletrônica é um dos problemas citados por Braide

“Se já não bastasse a incompetência administrativa do prefeito, em vez de Wi-Fi, a prefeitura voltou a vender passe escolar, porque não consegue resolver o problema da bilhetagem. Enquanto outras capitais comemoram avanços em 100 dias de gestão, o que São Luís tem para mostrar? Cadê a parceria do Governo do Estado nas obras? ”, disse o deputado.

Além das críticas, o deputado disse estar contribuindo com o desenvolvimento de São Luís. Ele relembrou a emenda parlamentar de R$ 400 mil destinada à Prefeitura para reforma da do mercado do Anjo da Guarda – local tem sérios problemas de infraestrutura.

“Destinei, já este ano, uma emenda no valor de R$ 400 mil para que a Prefeitura de São Luís possa reformar o mercado do Anjo da Guarda que está com o telhado prestes a cair, da mesma forma como aconteceu com o mercado do Vicente Fialho. “Que o prefeito de São Luís acorde e possa receber essa emenda e não fazer como fez no ano passado, quando perdeu uma emenda de nossa autoria no valor de R$ 300 mil”, pontuou.

O deputado cobrou o retorno da parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís, bastante evidenciada na televisão durante o período da última campanha eleitoral. Ele citou a paralisação das obras do Hospital da Criança e a falta de medicamentos e materiais básicos nos hospitais e nas unidades de saúde da capital.

Problemas de infraestrutura são vistos em todos os bairros capital

“No ano passado, o governador foi para a televisão pedindo que o prefeito fosse reeleito; dizendo que se isso acontecesse, as parcerias iriam continuar, e até aumentar. Cadê as máquinas de asfalto? Desapareceram. E despareceram no dia 30 de outubro. Portanto, se há um culpado em relação a situação que São Luís enfrenta hoje, não é só a incompetência do prefeito, mas o desrespeito e a falta de compromisso do governador do Estado, Flávio Dino, que juntamente com o prefeito de São Luís enganou a população” afirmou.

Para encerrar seu discurso lançou um desafio: “Eu desafio qualquer deputado a subir na tribuna e apontar os feitos da prefeitura e a parceria desta com o Governo do Estado em 2017. Não existe trabalho. Não existe mais parceria. E quem sofre as consequências é a população de São Luís, é a população do Maranhão”, finalizou Eduardo Braide sem que nenhum parlamentar tenha aceitado o desafio e subido à tribuna para contrapô-lo.

Relacionados

Nasce a Academia de Letras e Artes na cidade de Sã... Nasce a Academia de Letras e Artes na cidade de São Bernardo “Omnia vincit veritas”, trazendo essa expressão, que em português significa “A verdad...
Comunidade da Forquilha realiza 69º festejo em hon... Comunidade da Forquilha realiza 69º festejo em honra a Nossa Senhora das Graças. Veja programação A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, po...
Uso abusivo de whatsapp pode levar a indenização e... Uso abusivo de whatsapp pode levar a penalidades como indenização e até prisão, alerta advogada Entre as plataformas de comunicação digital, o wha...