Category: São Luís (page 1 of 25)

Blog do Afonso Diniz será lançado nesta terça-feira

Blog do Afonso Diniz será lançado nesta terça-feira

O repórter Afonso Diniz lança nesta terça-feira (24) uma nova plataforma de notícias e opiniões. Abordando os bastidores do esporte e inquietações sociais, o radialista trará em uma linguagem intimista assuntos, que em um cenário comum não se tornam pautas nos grandes centros jornalísticos.

Por ter ligação forte com o esporte, o Blog do Afonso Diniz terá em sua predominância assuntos desse cunho, mas apostando em uma linguagem mais coloquial e destacando o futebol fora dos gamados. No entanto, Diniz adiantou que outras temáticas também serão uma aposta.

“Coloco em prática uma ideia que vinha amadurecendo alguns dias. Lógico que por ser repórter esportivo vou ter um foco maior no desporto. Mas tenho minha veia cultural, gosto de conversar sobre nossas manifestações e quem me conhece sabe que debato sobre todas as nossas inquietações sociais. O blog vai ser minha sala de estar. Vamos sentar no sofá e bater papo”, afirmou Afonso Diniz.

Ludovicense, Afonso Diniz foi nascido e criado no bairro da maior efervescia cultural da capital maranhense: a Madre Deus. Desde a infância, Diniz sempre esteve ligado as manifestações culturais do Maranhão. Participando ativamente como instrumentista de blocos organizados, escolas de samba e bumba-meu-boi.

Afonso Diniz é bacharel em Comunicação Social formado pela Universidade Federal do Maranhão. Como radialista começou sua carreira na Rádio Timbira AM e há seis anos se transferiu para Mirante AM, onde trabalha como setorista do Sampaio Corrêa. Além do circuito radiofônico, Diniz trabalha ainda como redator no GloboEsporte.com e G1 Maranhão.

Do tatame para a vida: Fúria Combat ensina disciplina e respeito

Professor Júlio Pires falando com seus alunos antes do treino

Entrar em forma, fazer amizades, desenvolver o autocontrole e a disciplina, extravasar as tensões. Quem pratica uma arte marcial busca bem mais do que aperfeiçoar-se na defesa pessoal. O próprio termo “marcial” mostra que as lutas – como judô, muay thai, karatê, taekwondo, aikidô, jiu-jítsu e a brasileiríssima capoeira – têm referências no treinamento militar, que envolve disciplina e autocontrole físico e emocional.

“Não existe arte marcial sem respeito pelo ambiente, sem a valorização do adversário. Desde cedo eu procuro ensinar aos meus alunos a respeitarem o colega de treino, a não se atrasar e o dever de manter o material sempre limpo”, explica o professor de muay thai, Júlio Pires, do Centro de Treinamento Fúria Combat.

Por isso, ao contrário do que muita gente pensa, a arte marcial constrói o desenvolvimento psicossocial. Os valores aplicados são levados a sério pelos alunos, pois a hierarquia das artes marciais precisa ser respeitada e no muay thai isso é efetivo e evidente.

Júlio Pires destaca que quem procura uma arte marcial busca acima de tudo disciplina

“Com as artes marciais, você aprende a ter disciplina interna e o professor é a grande referência na vida de cada aluno em especial. É ele quem influencia de forma direta na vida de cada atleta. Nosso comportamento na vida pessoal também é um espelho do nosso comportamento nos treinos e dos ensinamentos”, completou o professor Júlio Pires.

Além da construção de uma auto-imagem positiva, da convivência social, Júlio Pires menciona ainda outros benefícios diretos das lutas marciais. Preceitos como ‘esforçar-se para o aprimoramento do caráter’, ‘seguir o caminho da verdade’ e ‘reprimir a coragem insensata’, contribuem para gerar atitudes melhores diante da vida. “Um professor considera-se bem-sucedido quando seu aluno consegue transferir a superação da área de treinamento para a própria vida”, complementa.

Corpo e Mente saudável

Com filosofias em que o corpo, a mente e o espírito evoluem juntos, as artes marciais são conhecidas por promover inúmeras “melhorias” em seus praticantes – uma delas, certamente, é o desenvolvimento físico.

Mas a parte física é só a ponta do iceberg. A especialista em treinamento funcional e reabilitação, Caroline Andrade, explica que as artes marciais proporcionam inúmeros benefícios, tanto para as habilidades motoras como para as habilidades cognitivas. Além disso, tem a capacidade de promover a socialização.

Para Caroline Andrade as artes marciais proporcionam inúmeros benefícios

“Por serem atividades de média e alta intensidade elas proporcionam muitos benefícios, pois há um ganho significativo de força, velocidade, coordenação e agilidade. As artes marciais também ajudam a trabalhar a concentração e memória, tudo isso fruto de disciplina e rotina”, afirmou a personal trainner.

Ao praticar os golpes em cada modalidade e grau de dificuldade, se aprende o caminho da não-violência. “Treina-se o autocontrole e, por isso, diante de uma situação incômoda, agressiva, o lutador aprende a evitar confusão, pegar suas coisas e ir embora”, explica Pires.

Polícia investiga assassinato de funcionário do Ibama na Av. Litorânea

Polícia trabalha com três linhas de investigação: latrocínio, briga de bar e execução

A Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) investiga o assassinato do funcionário público Ademar Moreira Gonçalves, de 36 anos, morto na noite do sábado (14), com um tiro nas costas enquanto dirigia na Avenida Litorânea.

Segundo a polícia, após ser alvejado, o funcionário público perdeu o controle do veículo que dirigia e atingiu mais dois carros e uma motocicleta. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. No momento do crime, a Avenida Litorânea estava movimentada e o trânsito era lento.

A superintendência de homicídios trabalha com três linhas de investigação: crime ocasionado por um desentendimento em um bar; reação a uma tentativa de assalto; e execução. , A Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) informou que não irá mais dar detalhes sobre o caso, que será investigado em sigilo.

Ademar Moreira Gonçalves era natural de Porto Nacional no Tocantins e trabalhava como funcionário público na sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) em São Luís.

Policiais fazem doação de brinquedos para crianças da Zona Rural

Policiais entregaram brinquedos a líderes comunitários

Policiais militares de São Luís realizaram uma “ronda especial” na quarta-feira (11), distribuindo brinquedos para crianças do Coquilho, Zona Rural da capital maranhense, que pertence a área de atuação do 6° Batalhão da Polícia Militar (6°BPM).

A doação aconteceu após uma campanha de arrecadação de brinquedos realizada internamente pelos policiais da unidade Militar.

Foram arrecadados mais de 400 brinquedos que foram entregues aos líderes comunitários da comunidade.

Para o comandante do Batalhão, Major Marcelo, também coordenador da campanha, o ato é uma forma de aproximação entre a polícia e a comunidade.

Exposição “Bonecas de Maria” será aberta nesta terça-feira (10)

Exposição da artista plástica estará disponível no Ateliê de Marlene Barros

A artista plástica e artesã Maria Mendonça abre nesta terça-feira, 10 de outubro, no Ateliê de Marlene Barros, localizada na Rua 28 de Julho, 444 , Desterro – Centro Histórico – próximo ao Convento das Mercês, a exposição “Bonecas de Maria”, composta por 80 bonecas inéditas, e em tamanhos variados. A mostra fica em cartaz no período de 10 de outubro a 10 de novembro, no horário das 10h às 19h, de segunda a sexta-feira.

Esta é a sexta vez que a artista vai expor os seus trabalhos. A primeira aconteceu no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, em 98. As outras duas no Palacete Gentil Braga. A artista plástica autodidata Maria Mendonça é maranhense e desde a infância que se identifica com arte de criar bonecas de pano.

Sobre a exposição “Bonecas de Maria ” a artista afirma que é um momento de mostrar o resultado da confecção das bonecas, o qual ela avalia sendo um trabalho artesanal que faz com o maior prazer.

Para produção de bonecas, a artista Maria Mendonça que também é costureira, ela aproveita retalhos de tecidos, e os acabamentos são feitos de rendas e fitilhos e missangas, tendo um resultado surpreendente e de inquestionável bom gosto.

“Tenho um carinho especial pelas bonecas, porque elas fazem parte da minha vida, cada criação representa um momento de inspiração artística”. As minhas bonecas considero meu oxigênio, o sentido da minha vida, são a outra parte da minha família declarou Maria Mendonça.

Sobre a artista
Maranhense, da cidade de Bacurituba, Dona Maria Mendonça é mãe dos artistas plásticos João Ewerton, Fernando Mendonça e Marlene Barros.

Além de confeccionar peças de cama, mesa e banho, com requinte e fino acabamento, Dona Maria Mendonça também vem produzindo trabalhos voltados para o público infantil.

Cansados de esperar da Prefeitura, moradores da Redenção iniciam “tapa-buracos”

Cansados de esperar ações da prefeitura, moradores se mobilizaram

Em uma força-tarefa, moradores do bairro da Redenção, na área do Filipinho, em São Luís, iniciaram a “Operação Tapa-Buracos” neste domingo (8). A Rua 3, a principal, foi coberta por cimento nos trechos com crateras e aberturas menores.

A força-tarefa começou por volta das 7h30, com os moradores concentrados em um trecho crítico da rua, que foi interditada com cones e fita zebrada para que nenhum veículo trafegasse pela via pública. Munidos de enxada, pás, carro de mão, vassouras e outras ferramentas, os populares cobriram os buracos com cimento.

Cada um contribuiu com um valor para comprar materiais para tapar os buracos

Cada morador fez a doação de valores entre R$ 50 a R$ 100, para a compra do material, como cimento e areia. A ação foi realizada porque vários acidentes foram registrados no bairro por conta das crateras, sendo que idosos e crianças já caíram e se machucaram.

Recentemente, os moradores da Redenção e bairros adjacentes fizeram um protesto na Avenida São Marçal, no Filipinho, bloqueando a via expondo faixas que mostravam o teor da manifestação referente à infraestrutura, mas, até agora, a Prefeitura nem ao menos enviou uma mensagem de esperança ou justificativa.

Policial atira em ladrões, mas erra alvo e mata homem em São Luís

Policial teria tentado acertar ladrões, mas acabou alvejando jovem por engano, segundo informou a SHPP

Um jovem morreu após ser baleado na cabeça por um policial civil na madrugada deste sábado (7), no Centro Histórico de São Luís. A vítima foi identificada como Jamilson Cleiton Machado e teria sido morto por engano, segundo informou a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Segundo a polícia, o agente Júlio Batista e sua namorada estavam saindo de uma festa quando foram abordados por três bandidos, que levaram seus pertences e fugiram em seguida. O policial resolveu perseguir os bandidos e disparou alguns tiros na intenção de alvejar os criminosos.

No entanto, durante a perseguição, um dos projeteis acabou acertando a cabeça de um rapaz que morreu ainda no local. A vítima estaria conversando com amigos quando acabou sendo alvejada. O policial civil continuou perseguindo os suspeitos e conseguiu prender um deles. Júlio Batista não parou a perseguição mesmo após ter baleado o rapaz.

Policiais do Batalhão de Polícia Militar de Turismo (BPTur) prenderam o policial civil pouco depois do incidente, assim como um dos ladrões. Júlio César e a arma usada no crime foram encaminhados para a sede da SHPP. O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo após perícia do local.

Ainda de acordo com as autoridades policiais, o agente da Polícia Civil foi submetido a exame de corpo de delito e conduzido para uma cela da Delegacia Especial da Cidade Operária, onde ficará a disposição da Justiça. O Blog do Michel Sousa não conseguiu contato com os familiares da vítima.

48ª edição da Festa da Juçara inicia neste domingo

Festa terá inúmeras atrações

A tradicional Festa da Juçara inicia no próximo domingo, 8 e vai até o dia 29 de outubro, no Parque da Juçara, no Maracanã.

Quem for, terá aos domingos programação cultural com shows, parque de diversões, feira de artesanato e 57 barracas divididas em dois ambientes (Arena Principal e Praça de Alimentação) com comercialização de comidas típicas e consumo da polpa da juçara.

A juçara e a beleza natural do Parque são alguns dos atrativos, que são complementados com vasta programação cultural que acontece durante todos os domingos de outubro.

Segundo os comerciantes do local, são vendidos em média mais de 10 mil litros da polpa da fruta por dia. A juçara pode ser degustada pura, com açúcar, com camarão seco, com farinha, e vários outros ingredientes a gosto do visitante.

“A tradicional Festa da Juçara já é um evento esperado por todo o estado, onde há quase 50 anos a gente já defende a preservação do meio ambiente, o estimulo a cultura popular maranhense e geração de emprego e renda, tanto para a comunidade do Maracanã, quanto para São Luís e até para todo o estado. A volta da identidade cultural maranhense é o grande diferencial da festa esse ano, onde teremos artistas maranhenses como atrações principais”, declarou Mayara Marques, presidente da Associação dos Amigos do Parque da Juçara e organizadora do evento.

Neste domingo, 8 de outubro, a programação tem início às 9h 30 da manhã com a Solenidade de Abertura que contará com a presença de autoridades municipais e do estado.

O Parque da Juçara, localizado no Maracanã fica aberto todos os dias até 29 de outubro, das 8h às 23h, e tem entrada gratuita.

A Festa da Juçara é uma realização da Associação dos Amigos do Parque da Juçara com apoio da Prefeitura Municipal de São Luis, TV Mirante e Agência Executiva Metropolitana. O projeto tem patrocínio do Governo do Estado do Maranhão através da Secretaria Estadual de Cultura.

Poltrona de ônibus em movimento se solta e passageira cai no chão

Poltrona soltou depois que ônibus passou por quebra-mola e por pouco passageira não se machuda

Uma passageira do transporte coletivo sofreu uma queda após a poltrona em que estava sentada ter se soltado com o ônibus em movimento. O caso foi registrado nesta quinta-feira (5), no conjunto São Raimundo, bairro de São Luís. Outro passageiro registrou a situação.

O ônibus fazia a linha São Raimundo/São Francisco e já apresentava sinais de má conservação. Quando o veículo passou por uma lombada, o banco onde a mulher estava sentada cedeu e ela chegou a cair, embora não tenha se machucado.

Alguns passageiros se revoltaram com a situação e questionaram a falta de fiscalização dos órgãos públicos para o descaso com o transporte público de São Luís e Região Metropolitana.

O Blog do Michel Sousa entrou em contato com a empresa responsável pela linha para saber se houve o recolhimento do veículo e se ela vai apurar as circunstâncias do acidente. No entanto, ninguém atendeu.

“São Luís Folclore e Cores” diversifica projeto cultural do Grupo Ceuma

“São Luís Folclore e Cores” contará com obras de Bento Moreira Lima é engenheiro civil de formação e pintor diletante por opção

O Grupo Ceuma prepara mais uma novidade no seu Projeto de Relacionamento Institucional: é a exposição “São Luís Folclore e Cores”, de Bento Moreira Lima, marcada para o dia 5 de outubro, às 19h, no campus Renascença. São vinte “óleos sobre tela” com cenas de ritmos populares típicos do Maranhão, uma das paixões de Moreira Lima.

Os quadros serão vendidos até o dia 20 de outubro no Salão Nobre da Biblioteca José Sarney.  Esse é o quinto evento cultural do ano e o primeiro de pintura do cardápio que movimentou, até agora, três noites de autógrafos e uma peça de teatro para públicos tão diversos quanto interessados. Um dos livros lançados ocorreu em maio, do próprio Bento Moreira Lima que assinou o romance “A Balaiada”.

Bento Moreira Lima é engenheiro civil de formação e pintor diletante por opção. Fortemente influenciado pelos impressionistas, confessa que sonhava se tornar um deles.  “Mas só os gênios recebem essa dádiva divina e eles são poucos”, diz o “mestre”  Moreira Lima.

A estreia dele, nas artes plásticas, se deu há cerca de trinta anos com essa mesma técnica com que celebra, no vernissage,  os brincantes e as coureiras maranhenses.  As primeiras exposições do engenheiro e pintor aconteceram a partir dos anos 90; ao todo, foram 17.

Seu acervo, hoje, conta com mais de 1.200 obras, das quais grande parte é dedicada ao folclore local. “Em especial, o Bumba meu boi e o Tambor de Crioula porque aprecio muito esses temas. Uso um colorido insinuante e as figuras são carregadas de movimentos graciosos, só encontrados nas danças maranhenses”, afirma o artista.

Older posts

© 2017 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑