Category: Política (page 1 of 3)

Deputado Levi Pontes visita Bequimão e fala sobre os deveres do cidadão nas eleições

Deputado Levi Pontes é recebido por lideranças de Bequimão e fala sobre os deveres do cidadão nas eleições

O deputado estadual e pré-candidato à reeleição Dr. Levi Pontes (PCdoB) foi recebido pelas lideranças Elisiomar Abrantes e Fernanda Costa do município de Bequimão em uma reunião no último domingo (5), no povoado Centrinho. A população ficou atenta ao ouvir as palavras do parlamentar e depois fizeram perguntas sobre as eleições de 2018.

Na oportunidade, Levi Pontes destacou sobre os direitos e deveres de um cidadão perante as eleições 2018 e destacou os avanços que o Maranhão tem tido nos últimos 3 anos.

“Todo cidadão tem o direito de votar e ser votado, desde que satisfaça as exigências legais. E com o voto consciente, nós temos um Brasil, um Maranhão mais justo e igualitário. Nos últimos três anos, nós tivemos inúmeros avanços na saúde, segurança, educação entre outros. Tudo isso é resultado de um voto responsável e que nas eleições deste ano não seja diferente, que possamos exercer a nossa cidadania de forma justa”, disse o deputado.

Deputado Levi Pontes recebe apoio do presidente do PCdoB de Tutóia

Deputado Levi Pontes recebe apoio do presidente do PCdoB de Tutóia

O presidente do PCdoB de Tutóia, Chico Canavieira, visitou na última quinta-feira (02) o gabinete do deputado estadual Levi Pontes (PCdoB), na Assembleia Legislativa, para declarar seu apoio à reeleição do médico e ex-militar.

Estavam presentes também Antônio, ex-vereador de Anapurus, o ex-deputado Zé Orlando, Vasni Oliveira, chefe de gabinete e Eduardo Braga, coordenador de campanha.

Chico Canavieira veio representando todo o seu grupo político e também o PCdoB de Tutóia. “É com muita alegria que recebo aqui o ex-candidato à prefeitura de Tutóia, Chico Canavieira. Ele representa um elo muito importante com todas as lideranças e população daquele município, pelo qual ainda queremos trabalhar muito”, disse o deputado Levi Pontes.

Deputado Levi Pontes recebe apoio do ex-vereador de São Luís Professor Lisboa

Deputado Levi Pontes recebe apoio do ex-vereador de São Luís Professor Lisboa

O deputado estadual Levi Pontes (PCdoB) recebeu, em seu gabinete na Assembleia Legislativa, a visita e o apoio do Professor Lisboa, ex-vereador de São Luís pelo PCdoB e importante liderança da capital maranhense.

O professor Lisboa foi vereador de São Luís entre 2013 e 2016 e exerceu importante papel durante seu mandato na Câmara Municipal. Antônio de Lisboa Machado Filho, mais conhecido como Professor Lisboa, é advogado e professor de Direito, Atualidades, Relações Humanas, Línguas Estrangeiras e especialista em concursos públicos.

O deputado estadual Levi Pontes recebeu o honrado apoio do professor para sua campanha de reeleição nas eleições de 2018.

“Além do apoio do professor Lisboa, que recebemos com gratidão, escutamos as ideias e as importantes demandas que ele nos trouxe, sempre com objetivo de suprir as necessidades da população em primeiro lugar. São pautas importantes que certamente iremos trabalhar como possíveis propostas em nossa campanha”, disse Levi Pontes.

Deputado Levi Pontes declara apoio ao pré-candidato ao Senado Federal Weverton Rocha

Deputado Levi Pontes declara apoio ao pré-candidato ao Senado Federal Weverton Rocha

O deputado estadual Levi Pontes (PCdoB) esteve presente no ato de lançamento da pré-candidatura ao Senado Federal de Weverton Rocha (PDT), que deixou o auditório do Centro de Convenção Pedro Neiva de Santana superlotado na noite da última segunda-feira (16), na capital maranhense.

Estiveram presentes também o pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT); o presidente do PDT nacional, Carlos Lupi; o governador Flávio Dino (PCdoB); a pré-candidata ao Senado, Eliziane Gama (PPS); o Prefeito de São Luís Edvaldo Holanda Jr (PDT); deputados estaduais, federais e vereadores e prefeitos de vários municípios.

Caravanas e lideranças políticas de todo o Maranhão compareceram ao evento, onde discursaram Flávio Dino e Ciro Gomes, entre outros sobre a união necessária da esquerda para enfrentar as crises políticas e econômicas que o país inteiro vem enfrentando e sobre as conquistas que as coligações de esquerda vêm realizando.
Ao final do ato, o deputado Levi Pontes cumprimentou o governador Flávio Dino Weverton Rocha e outros companheiros da política do estado.

“Estou mais convencido que nunca de que a minha luta, de Weverton Rocha, o Governador, Eliziane Gama, Ciro Gomes pelo progresso do Maranhão tem que continuar. Por isso declaro meu total apoio ao pré-candidato ao Senado Weverton Rocha que vem fazendo um brilhante trabalho na Câmara Federal e fará no Senado. Juntos, continuaremos trabalhando pelo Maranhão”, disse Levi Pontes.

Ex-governador Epitácio Cafeteira morre aos 93 anos

Senador Epitácio Cafeteira morreu aos 93 anos

O ex-governador Epitácio Cafeteira morreu na tarde deste domingo (13), aos 93 anos. Além de ex-governador, Cafeteira foi ex-prefeito de São Luís, senador e deputado federal pelo Maranhão.

A morte foi confirmada pelo deputado estadual Rogério Cafeteira, sobrinho do ex-governador que divulgou nota em rede social. “É com imenso pesar e tristeza profunda que comunico a todos o falecimento do meu tio, ex-governador e ex-senador, Epitácio Cafeteira”, afirmou.

O ex-governador estava enfermo e inspirava cuidados, em UTI residencial, decorridos de seu delicado estado de saúde.

Natural da Paraíba, Cafeteira veio ainda pequeno para o Maranhão, onde construiu uma admirável história política, dedicando a maior parte de sua vida a este estado, onde constituiu sua família.

Atualmente ele residia em Brasília e estava com 93 anos, deixando viúva a minha tia Isabel, de filha a minha prima Isabel e netos.

“É um momento de bastante tristeza para toda a família. A perda, para mim que o considerava um segundo pai, está sendo muito difícil, mas com a certeza que agora ele descansa nos braços do nosso Deus todo poderoso! Em nome de nossa família, agradeço as mensagens de solidariedade que temos recebido”, disse o deputado Rogério Cafeteira.

“Se os atos foram legais porque o medo de uma simples consulta?”, questiona deputado sobre recursos do FEPA

Deputado Eduardo Braide questionou falta de transparência sobre recurso do FEPA.

O deputado Eduardo Braide criticou a rejeição, nesta terça-feira (26), do Requerimento 658/2017, de sua autoria, que pedia consulta ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) e à Secretaria de Previdência – Ministério da Fazenda, sobre a regularidade de dois decretos do Governo do Estado, que retiraram recursos do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria – FEPA.

“O Governo do Estado diz que a retirada de recursos do FEPA é um ato legal. Chegou ao ponto de chamar de ‘factoides’, as denúncias sobre essas retiradas. Mas quando tem a oportunidade de mostrar transparência em seus atos, rejeita um simples pedido de consulta ao TCE e Secretaria da Previdência acerca da regularidade dos seus decretos. Se o Governo entende que os atos foram legais porque tem medo da consulta aos órgãos de controle?”, questionou o parlamentar.

O Decreto n° 33.192, foi o primeiro publicado no Diário Oficial do Poder Executivo, no dia 7 de agosto. Nele, o Governo do Estado retirou R$ 29 milhões do FEPA. Já no segundo, publicado no dia 5 de setembro, o Decreto n° 33.298, a retirada feita pelo Governo, chegou a quase R$ 33 milhões.

“Mais do que nunca, a resposta dessa consulta, serviria – principalmente – aos servidores estaduais não só do Executivo, mas de todos os Poderes, uma vez que o FEPA é patrimônio deles. Com essa atitude de rejeitar o pedido de consulta, o Governo demonstra que não deveria ter retirado recursos de pagamento de pensão e aposentadoria dos servidores, uma vez que o próprio Governo reconhece que tem dúvidas sobre a legalidade desses atos”, finalizou Eduardo Braide.

“Era melhor ter feito parceria com a Santa Casa”, afirma Braide

Deputado Eduardo Braide criticou gasto de R$ 2 milhões em prédio particular

O deputado Eduardo Braide (PMN) criticou a postura do governo do Maranhão que gastou mais de R$ 2 milhões entre aluguel e reforma, sem que a clínica Eldorado efetivamente funcionasse. O assunto foi destaque na imprensa nacional nos últimos dias e voltou a ser repercutido no Bom Dia Brasil (Veja a matéria aqui)

Para o parlamentar, o Governo do Estado deveria ter realizado parceria com a Santa Casa de Misericórdia, localizada no centro de São Luís. Braide questionou o porquê de o governador ignorar uma parceria com a Santa Casa.

 Governo Flávio Dino gastou mais de R$ 2 milhões entre aluguel e reforma, sem a clínica efetivamente funcionar

Segundo o deputado, a Santa Casa de Misericórdia conta com 11 leitos de UTI prontos há quatro anos, sem a necessidade de qualquer tipo de reforma, e os aparelhos ainda estão no plástico, prontos para serem usados. A unidade poderia ajudar a resolver o problema de falta de leitos em São Luís.

“O Governo tenta justificar o pagamento do aluguel da Clínica Eldorado como uma parceria. Ora, não seria muito melhor fazer a parceria com a Santa Casa, que é um hospital que está construído, pronto? Que além dos 11 leitos de UTI, tem mais 400 leitos e que fica ao lado do Socorrão?!”.

Ainda no pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado mostrou que o governador não conseguiu se explicar em sua defesa sobre o caso. “O governador citou o Art. 35 da Lei do Inquilinato para dizer que o que está sendo feito na Clínica Eldorado vai ser indenizado. Qualquer corretor de imóveis ou estudante de direito sabe que esse artigo estabelece que havendo disposição contratual em sentido contrário, não haverá indenização. E é isso que reza o contrato feito com a clínica”, argumentou Braide.

O presidente do PMN destacou que o contrato de aluguel também diz que as despesas com colocação de forro, pintura e parte elétrica teriam que ser realizadas pelo dono do imóvel. “O Governo do Estado ao tentar se defender divulgou na quarta-feira (16), um vídeo onde uma engenheira responsável pela reforma afirma que esses serviços foram executados pelo próprio Governo. Mais uma vez o Governo usa recursos públicos onde não deveria”, destacou Braide.

Está expresso no contrato que ficarão à custa do locatário, mas foi o governo que gastou

Finalizando o discurso, o deputado voltou a cobrar a parceria do Governo do Estado com a Santa Casa de Misericórdia. “Em vez de gastar mais de R$ 2 milhões em uma clínica particular que até hoje nunca funcionou um dia sequer, o Governo deveria fazer uma parceria com a Santa Casa de Misericórdia. Volto a dizer, essa seria uma parceria mais barata para o Estado e mais rápida para os maranhenses, que já estariam sendo atendidos no hospital”, concluiu Eduardo Braide.

Escândalo do aluguel de clínica é destaque na imprensa nacional

Escândalo de clínica que nunca funcionou foi destaque no Bom Dia Brasil

O Maranhão voltou a ser destaque na imprensa nacional com o escândalo do aluguel da Clínica Eldorado, onde o Governo Flávio Dino gastou mais de R$ 2 milhões entre aluguel e reforma, sem a clínica efetivamente funcionar.

Os comentários dos jornalistas que apresentam o Bom Dia Brasil, na TV Globo, refletem bem o sentimento da população que a cada dia se depara com um novo escândalo no estado.

“Quer dizer, o Governo do Maranhão paga o aluguel da clínica particular, paga a reforma da clínica particular e é uma clínica que não está atendendo ninguém. É surreal, inacreditável”, disse a jornalista Ana Paula Araújo.

“O que a gente esperava era que essas mudanças no Maranhão levassem a alguma novidade no comportamento político, mas pelo visto está difícil”, declarou Chico Pinheiro.

O Bom Dia Brasil repercutiu o caso e destacou o fato do imóvel ter sido alugado sem licitação, de pertencer a família de um membro de uma assessora chefe da Secretaria da Saúde do Maranhão e os gastos feitos até agora.

Veja abaixo ou clique aqui para assistir com melhor qualidade.

A reportagem relembrou ainda o “aluguel camarada” de um prédio da Funac, onde o dono era filiado ao PCdoB, partido do governador, e funcionário nomeado da Empresa Maranhense de Administração Portuária.

O governo ainda não comentou nada sobre o caso.

“Governo tem servido de abrigo financeiro do PCdoB”, diz Edilázio

Deputado criticou gastos de verbas públicas

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) criticou nesta terça-feira (15), na Assembleia Legislativa, o discurso do governador Flávio Dino (PCdoB) de que o Estado passa por grave dificuldade financeira.

O parlamentar lembrou que a gestão passada deixou, em 2014, o Estado com as contas equilibradas e em respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e enfatizou que Dino tem elevado gastos com jatinhos e helicópteros, alugueis de prédios particulares e com a propaganda.

“Ontem eu, assistindo a Globo News, pude ver o Ministério Público do Rio de Janeiro investigando o contrato, R$ 2,5 milhões do avião, gastos pelo governador Pezão naquele estado. Um Estado que vem enfrentando uma grave crise financeira. Nós estamos falando de R$ 2,5 milhões, e o Ministério Público já está adotando as providências. Aqui no Maranhão o governador me faz uma licitação de R$ 7,7 milhões para gastos com avião que não pode voar. E aí eu quero e espero que o Ministério Público também possa enxergar e ter como exemplo o do Rio de Janeiro e investigue esse contrato”, disse.

Ele lembrou da declaração dada pelo governador Flávio Dino à imprensa de que o estado está com dificuldade financeira e cobrou transparência.

“Ontem eu assisti ao jornal da Mirante e fiquei impressionado. Ele [Flávio Dino] só falando que Deus proverá, que o dinheiro do Estado Deus proverá. Mas Deus proveu e muito para a Secretaria do secretário Márcio Jerry. Para lá foram R$ 9 milhões agora para investir em propaganda. Mas não tem dinheiro para Saúde, a Escola Digna é uma fraude. Mas tem dinheiro para pagar 90 mil por mês de clínica fechada. Tem dinheiro para empregar ficha suja. Tem dinheiro para tudo, basta ter prioridades”, completou.

Edilázio enfatizou que o Governo do Maranhão tem servido como uma espécie de abrigo financeiro para filiados ao PCdoB no estado.

“Hoje quem chega à porta do Palácio dos Leões com uma camiseta vermelha, uma bandeira da Venezuela, está empregado. Na Casa Civil e na Secretaria de Comunicação é só comunista empregado. Emprega ficha suja, emprega quem quer que seja. Mas tem que ter o seu contracheque”, disse.

“Então, governador, dê prioridade para a saúde, para a educação, para segurança, para a infraestrutura. Diminua os gastos com seus aviões que sequer podem voar, diminua os gastos com a Secretaria de Comunicação que só agora vossa excelência passou mais R$ 9 milhões ao secretário Márcio Jerry. Dê prioridade aos maranhenses, só depois dê prioridade às suas luxúrias”, finalizou.

Dino vai ter que se manifestar sobre privatização da Caema

O requerimento de autoria do deputado Eduardo Braide busca descobrir a real intenção do Governo do Estado sobre o destino da Caema

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou nesta desta terça-feira (1°) o requerimento n° 529/2017 que pede ao governo do Maranhão esclarecimentos sobre a contratação de consultoria técnica para a execução do processo de desestatização dos serviços de saneamento básico no Estado do Maranhão.

O requerimento de autoria do deputado Eduardo Braide busca descobrir a real intenção do Governo do Estado sobre o destino da Caema. O serviço técnico para consulta e preparação de desestatização da Caema foi objeto do pregão eletrônico n° 16/2017 do BNDES, contratado ao valor de mais de R$ 8 milhões.

“Se a intenção não é a de privatizar a empresa, porque gastar um valor tão alto em um estudo quando poderia ser investido na Companhia? O Governo do Estado precisa ser transparente com o assunto”, questionou o deputado.

Para Eduardo Braide, o pedido de informações é uma forma de trazer para a Assembleia Legislativa um tema que deve ter a participação dos maranhenses.

“Este é um tema que não pode passar fora da Assembleia. E fiz este pedido em nome dos trabalhadores da Caema, que estão apreensivos com essa possibilidade de privatização, algo que indiscutivelmente os afeta. Agora, a Assembleia espera um posicionamento oficial do governador: se há ou não a intenção do Governo em privatizar a Caema”, finalizou o deputado.

Mudança na Caema

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) anunciou, nesta terça-feira (1º), por meio de uma rede social, mudanças no secretariado. Davi Telles sai da presidência da Caema (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão) e assume a pasta de Ciência e Tecnologia.

A Caema passa a ser administrada por Carlos Rogério, que já era funcionário do órgão.

Older posts

© 2018 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑