Category: Maranhão (page 1 of 12)

Candidatos do concurso da Saúde são convocados para etapa de avaliação de títulos e experiência profissional

Com a convocação para a prova de títulos e experiência profissional, última etapa do concurso público da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para preenchimento de 1000 vagas para o quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), os candidatos têm até 25 de abril para efetuarem a entregar da documentação. A convocação dos candidatos foi divulgada nesta quinta-feira (19) pelo Instituto AOCP.

“Desde o período das inscrições até aqui, o concurso público para a Saúde tem sido marcado pela mais absoluta normalidade, obedecendo fielmente os critérios estabelecidos no edital. Graças ao bom andamento dos trabalhos, chegamos à última etapa dentro da previsão originalmente traçada”, destacou Vanderley Ramos, presidente da Emserh.

A prova de títulos e experiência profissional será realizada para todos os candidatos que concorrem as vagas de nível superior. Os candidatos aprovados para a prova de títulos deverão apresentar os diplomas de doutorado, mestrado, especialização, produção científica ou aperfeiçoamento – com pontuação que varia de 0.3 a 3.10.

Para os candidatos classificados para os cargos de nível médio, será considerada apenas a experiência profissional. Por cada ano de experiência, o candidato terá um ponto, conforme tabela de pontuação no Edital de Abertura n° 01, na Tabela 11.2.

Prazos 
Os candidatos deverão entregar a documentação necessária para avaliação na Prova de Títulos no período das 10h do dia 19 até as 14h do dia 25 de abril, observado o horário oficial de Brasília (DF). Os convocados devem preencher o Formulário de Cadastro de Títulos e Experiência Profissional disponível no endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br.

Após preencherem o formulário, os candidatos precisam imprimir duas vias do comprovante de cadastro dos títulos, reter uma para si e enviar a outra juntamente com os documentos comprobatórios via Sedex com AR (Aviso de Recebimento) para o endereço informado nas etiquetas geradas até o dia 25 de abril (será observada a data de postagem).

Vale lembrar que todos os documentos deverão ser preenchidos uma única vez no formulário de cadastro de títulos, conforme disposto no Edital de Abertura n° 01, na Tabela 11.2 e 11.3. No caso da existência de dois ou mais formulários de cadastro de títulos preenchidos por um mesmo candidato, para o mesmo emprego, será considerado o último cadastro realizado, sendo os demais cadastros cancelados automaticamente, desconsiderando-se as informações neles registradas.

O concurso da Emserh é válido por dois anos, contado a partir da data de homologação do resultado final do certame, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, por conveniência administrativa.

Chuva deixa 2.006 pessoas desabrigadas no Maranhão

Chuva afetou 20 cidades em todo o estado do Maranhão

Cerca de 2006 famílias em 20 municípios sofrem com as consequências da chuva no Maranhão, de acordo com o relatório da Defesa Civil Estadual divulgado neste domingo (15).  A maior parte destas famílias estão no município de São João do Sóter, com 483 famílias; seguido de Tuntum, com 335; Presidente Vargas, com 300; Trizidela do Vale, 205; e Brejo, 200.

Estão na lista dos municípios afetados pelas chuvas: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Caxias, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, Bacabal, Imperatriz, São João do Sóter, Tuntum, Codó e Formosa da Serra Negra, que já emitiram notificação à Defesa.

Até agora nove cidade decretaram oficialmente situação de emergência: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter, Tuntum e Caxias. As cidades de São Luís Gonzaga, Rosário, Timbiras, Cantanhede, Nina Rodrigues, Paulino Neves e Araioses estão em estado de alerta.

Gestão estadual tem coordenado esforços para ajudar famílias atingidas pelas enchentes

O Governo do Estado mantém o reforço do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Centro Tático Aéreo (CTA) e secretarias estaduais para prestar o acolhimento aos atingidos pelas chuvas. Também está sendo dado apoio com distribuição de mantimentos às populações, dependendo da demanda – entre estes, cestas básicas de alimentos, medicação e itens como roupas, colchonetes, filtros e água.

Foram enviados até o momento pouco mais de 1.900 mantimentos às cidades atingidas. Beneficiários do programa Bolsa Família tiveram os repasses mensais adiantados, nas cidades em situação de emergência.

Ações do Governo

No conjunto de medidas desenvolvidas pelo Governo está a execução de programas como o Mais Asfalto, para recuperar as vias danificadas pelas águas; e auxílio do programa Cheque Minha Casa (aos que estão em situação de emergência) a ser utilizado pelos afetados para compra de mantimentos, utensílios e eletrodomésticos, dependendo da necessidade da família.

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão (CEPDEC-MA) segue reunindo com as prefeituras para levantamento dos problemas e definição da assistência a ser prestada, além de manter reforço nas localidades, auxiliando nas ações e gerenciamento dos desastres.

“Nosso efetivo está mobilizado para a assistência, de respostas às primeiras demandas e, posteriormente, à reconstrução dos danos nas cidades atingidas pelas chuvas. Estamos em alerta à situação dos municípios maranhenses que sofrem com este que é um dos períodos chuvosos mais intensos. Temos nos reunido com as prefeituras e as comunidades para reverter esse quadro e restaurar o cotidiano das famílias atingidas”, destacou o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto de Araújo.

Corpo de Bombeiros resgata homem após acidente na cidade de Pedreiras

Corpo de Bombeiros de Trizidela do Vale e a Polícia Militar foram acionados para realizarem o atendimento

O Corpo de Bombeiros realizou o resgate de uma vítima de acidente de trânsito neste sábdo (14). O acidente ocorreu na cidade de Pedreiras, distante 276 km de São Luís. O motorista de um veículo do tipo picape Toro perdeu o controle do automóvel quando passava por uma ponte e caiu dentro de um igarapé.

O impacto causou grande avaria no veículo, que após a queda, permaneceu emborcado dentro do igarapé, o motorista, identificado como Dr. Vando, ficou preso às ferragens. Segundo testemunhas, Vando seguia em sua Toro, sentido Avenida Rio Branco, e, ao passar sobre a ponte, não conseguiu controlar o veículo, resultando no acidente.

O Corpo de Bombeiros de Trizidela do Vale e a Polícia Militar foram acionados para realizarem o atendimento, a prioridade era retirar o condutor das ferragens, já que o volume de água dento do automóvel ameaçava a vida do motorista. Os bombeiros usaram um desencarcerador hidráulico para realizar cortes no veículo e alcançar a vítima.

Após uma rápida intervenção da equipe, o motorista foi retirado com segurança e encaminhado para o hospital.

Criminosos explodem e roubam carro-forte no Povoado de Caxuxa (MA)

Criminosos atacaram carro-forte na noite desta quinta-feira (12) no Povoado Caxuxa

Um carro-forte foi atacado por homens fortemente armados no Povoado Caxuxa, em Alto Alegre do Maranhão, entre as BRs-135 e 316. Segundo a polícia, os bandidos levaram todo o dinheiro que estava sendo levado no veículo que seguia para Bacabal. O ataque aconteceu na noite desta quinta-feira (12) e não deixou feridos, pois os vigilantes conseguiram escapar.

Os vigilantes disseram aos policiais que pelo menos 10 homens participaram da ação criminosa. Ainda segundo depoimento à polícia, todos os bandidos estavam portando armas longas e conseguiram furar a blindagem do veículo.

Veículo ficou parcialmente destruido

As vítimas disseram que os bandidos estavam em duas caminhonetes e iniciaram o ataque quando o carro-forte diminuiu a velocidade para passar por um quebra-molas. Os seguranças ainda tentaram impedir a ação, mas acabaram fugindo temendo serem mortos. Os bandidos explodiram o veículo e conseguiram roubar todo o dinheiro transportado (quantia não revelada).

Por enquanto, ninguém foi preso pelo assalto. Os policiais informaram que seis homens foram presos em Bacabal com revólveres, mas a participação deles no ataque ao carro-forte foi descartada.

Governo emite nota sobre morte de médico Mariano de Castro

A SES lamentou a morte prematura do médico Mariano de Castro e Silva

O médico Mariano de Castro e Silva foi encontrado morto em seu apartamento na cidade de Teresina (PI). Segundo a polícia, ele teria cometido suicídio na noite desta quinta-feira (12). A Secretaria de Estado da Saúde emitiu nota de pesar e solidariedade aos familiares e amigos do profissional.

Mariano era investigado em uma operação que apurava um esquema de desvio de recursos federais da saúde e cumpria prisão domiciliar na capital piauiense, seguindo determinação do TRF1.

A nota emitida pela SES, onde Mariano exerceu o papel de assessor especial, criticou ainda a postura adotada por alguns blogs maranhenses que utilizaram a morte do médico para produzirem conteúdos sem ética e respeito. Confira a nota na íntegra abaixo:

NOTA OFICIAL

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lamenta a trágica perda do médico Mariano de Castro e Silva, e se solidariza aos familiares e amigos deste profissional. Ele tirou a própria vida na noite desta quinta-feira (12) em seu apartamento na cidade de Teresina (PI).

Por meio de nota, a Secretaria lamentou, ainda, que o médico Mariano de Castro e Silva seja mais uma vítima do período absolutamente autoritário que vive o Brasil, com restrição de direitos, presunção de culpa e ofensa a preceitos fundamentais da nossa Constituição. 

Neste momento delicado, a SES também aproveitou para reforçar seu papel de defesa irrestrita do sistema de Justiça, no combate a todo e qualquer tipo de arbitrariedade.

A SES também repudia a postura adotada por alguns blogs maranhenses, que nesta hora de profunda dor, onde se exige o mínimo de humanidade e compaixão, produzem conteúdo sem o mínimo de ética e respeito.

 

Equipes levam resgate, água e alimentos a prejudicados pelas chuvas

Equipes de resgate auxiliam atingidos pela chuva em Caxias

Centenas de pessoas atingidas pelos estragos das chuvas nos últimos dias recebem apoio do Governo do Estado com as ações de equipes do Corpo de Bombeiros, Centro Tático Aéreo e das secretarias de referência. Segundo a Defesa Civil do Estado, pelo menos 15 cidades foram alvo de enchentes e enxurradas.

As equipes de salvamento prestam reforço realocando as populações desabrigadas, monitorando a situação de risco e fazendo, junto às prefeituras, levantamento das necessidades prioritárias. Nesta quarta-feira (11), o Governo do Maranhão enviou remessas de mantimentos a cidades afetadas.

Em Tuntum, uma das mais recentes na lista de atingidas, equipe do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil articula com a Prefeitura local as medidas tomadas na região. Além das famílias desabrigadas, as chuvas comprometeram as vias de acesso, dificultando a chegada do salvamento ao local.

Um helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA) foi disponibilizado permitindo que a ajuda chegasse à cidade. Com as equipes em solo, todos os desabrigados foram retirados das áreas alagadas e transferidos a locais seguros.

Moradores tentam salvar alguns objetos de casas que ficaram alagadas em Tuntum . (Foto: Divulgação/Paulino Silva)

Outra cidade em que as equipes atuaram foi Caxias, onde houve transbordamento do riacho afluente do Rio Itapecuru no povoado Riachão. Foram socorridas seis famílias com retirada emergencial do Corpo de Bombeiros.

Apoio

A ajuda humanitária inclui distribuição de mantimentos, cestas básicas de alimentos, medicação e itens como roupas, colchonetes, filtros e água.  A remessa enviada nesta quarta-feira atende solicitação das prefeituras de Bacabal, Trizidela do Vale e Pedreiras, totalizando aproximadamente 600 itens.

Na última semana, os mantimentos beneficiaram as famílias desabrigadas em Marajá do Sena.

A Secretaria de Desenvolvimento Social já enviou 650 cestas básicas, 250 colchões, 200 galões de 20 litros de água e 200 filtros de barro para quatro municípios atingidos pelas chuvas. A assistência continua até a normalização da situação.

Cidades atingidas

Em Bacabal, o suporte enviado pelo Governo se soma ao efetivo do Quartel do Corpo de Bombeiros local, que prestou os primeiros atendimentos pós-enchentes. Na lista de municípios prejudicados e já atendidos pela força-tarefa do Governo estão ainda Presidente Vargas, Imperatriz e Brejo.

Equipes dos Bombeiros e Defesa Civil mantêm contato com as prefeituras de Cantanhede, Timbiras, São João do Soter, Nina Rodrigues, São Luiz Gonzaga, Rosário, Esperantinópolis, Lago dos Rodrigues e Balsas para definir as medidas.

O coordenador da Defesa Civil, o capitão Izaac Matos ressalta que os municípios do Centro Maranhense são os mais atingidos e demandados, boa parte pela sua condição de proximidade de rios ou córregos que tiveram o nível elevado. Em alguns casos, onde esse nível possa aumentar, as prefeituras de pronto acionam Bombeiros e Defesa, que ficam a postos.

Em Trizidela, um posto de comando foi instalado no Quartel do Corpo de Bombeiros, local para agilizar o atendimento às demandas. “Técnicos da Defesa também estão nesse posto para melhorar a resposta e melhor direcionar as informações”, reforça Izaac Matos.

Força-tarefa

O Governo do Estado vem trabalhando em parceria com as prefeituras e apoio do Governo Federal em cidades que já declararam calamidade pública ou estão com o processo em andamento. A situação de emergência é decretada diante dos prejuízos contabilizados pelos municípios.

Paralelamente, ações assistenciais são organizadas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDECMA) em conjunto com as prefeituras. A equipe da CEPDECMA auxilia na condução das ações e gerenciamento do desastre. Os municípios que já decretaram situação de emergência foram Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale e Lago dos Rodrigues.

Maranhão é destaque em conferência da OMS na Europa

Secretário Carlos Lula representou o Maranhão em evento da OMS em Copenhague

“Esperamos que soluções criativas, como a experiência do Fundo Estadual de Combate ao Câncer, apresentada durante o ‘Diálogo Global sobre financiamento para prevenção e controle de doenças não transmissíveis – DNTs’, em Copenhague, possam servir de inspiração para novas fontes de financiamento dos sistemas de saúde”, o trecho da palestra do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, repercutiu durante os três dias da conferência promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Representantes de Estado, presentes ao evento, discutiram a criação do financiamento e analisaram possibilidades de incluir a iniciativa em seus países.

Com uma população de 200 mil habitantes, o representante do Ministério de Finanças, Comércio e de Economia Azul de São Tomé e Príncipe, Lindley Monteiro de Jesus, contou que o desafio é definir as linhas de prioridade dos recursos em um país pequeno, mas repleto de necessidades urgentes.

“A nossa população é bem menor, assim como nossos recursos. Um fundo de investimentos em saúde pode ser uma saída, já que precisamos repartir o dinheiro com diferentes setores, e, ao mesmo tempo, precisamos ter o foco nas áreas prioritárias da saúde para evoluir no nosso sistema de assistência à população”, analisou.

Secretário Carlos Lula representou o Maranhão em evento da OMS em Copenhague

Também da região da África Ocidental, a diretora geral do Planejamento, Orçamento e Gestão da República de Cabo Verde, Serafina Alves, considerou a criação do Fundo uma importante demonstração do Governo do Maranhão com a saúde. Segundo a diretora, em Cabo Verde os investimentos estão limitados por desinteresse governamental.

“Nosso país é pequeno, mas muito precário desde a atenção básica. Muitos pacientes precisam ser enviados para atendimento em Portugal, o que gera alto custo com transporte aéreo. Um fundo assim nos ajudaria em diversas áreas, inclusive na oncológica, mas diferente do Maranhão, a falta de apoio político nos coloca muitos impedimentos”, contou Serafina Alves.

Para o Dr. Si Thu Win Tin, chefe do Departamento de Doenças Não Transmissíveis da Comunidade Pacífica, em Fiji, na Ásia, a criação de um fundo de investimentos na área do câncer reflete a sensibilidade dos líderes com as necessidades de saúde da população.

“Quando um local como o Maranhão, que ninguém conhecia até agora, compartilha conosco o sucesso na criação de uma iniciativa tão importante, vemos que não há impedimento por maior ou menor que seja seu estado, seu país. Os grandes investidores estão cada vez mais escassos, mas isso não deveria ser um impedimento a nossa criatividade para garantir mais dinheiro para saúde. Precisamos ser criativos, precisamos de mais dinheiro, ele nos ajuda a salvar mais vidas, isso importa mais”, pontuou.

Conferência Internacional

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, palestrou sobre o Fundo Estadual de Combate ao Câncer durante o ‘Diálogo Global sobre financiamento para prevenção e controle de doenças não transmissíveis (DNTs)’, a convite da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Copenhague, capital da Dinamarca, entre os dias 9 a 11 de abril.  O evento reuniu políticas públicas exitosas na prevenção e combate de doenças como câncer, diabetes, doença cardiovascular, entre outras.

Carlos Lula destacou a seriedade das medidas para tratamento adotadas no Maranhão

No primeiro dia da conferência, o secretário do Estado da Saúde, Carlos Lula, apresentou a experiência do Fundo Estadual de Combate ao Câncer, mantido através de alíquotas de impostos sobre cigarros e bebidas no Maranhão. Os recursos financeiros são usados em unidades públicas de atendimento especializado, servindo também para expansão e descentralização dos serviços para os municípios do interior do estado. Além disso, podem ser usados na aquisição de equipamentos essenciais à prevenção, diagnóstico e tratamento das neoplasias, tais como mamógrafos e aceleradores lineares.

Em janeiro de 2018, primeiro mês do cumprimento do repasse da arrecadação, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) encaminhou cerca de R$ 650 mil ao Fundo. O Maranhão foi o único representante do Brasil, convidado pela OMS, para apresentar estratégias de financiamento, durante o painel ‘Mobilizando recursos domésticos para doenças não transmissíveis: aprendendo por meio de experiências dos países’.

Advogado lança livro que aborda Herança Digital

Advogado aborda herança digital em seu livro

Em um mercado cada vez mais disputado por empreendedores e empresários, saber a importância da herança digital é fundamental para evitar problemas como a transmissão aos herdeiros de todos os conteúdos de contas ou arquivos digitais de forma indevida.

Dentro deste tema, o advogado Gustavo Gomes Santos Pereira lança o livro “Herança Digital no Brasil”. O livro ainda não tem data para ser lançado, mas já está em destaque no site da editora Lumens.

Nesta obra, o advogado analisa a transmissibilidade dos bens digitais criados ou adquiridos pelos usuários de serviços Web a seus herdeiros, como contas de e-mail, conteúdos de redes sociais, arquivos de música e de livros adquiridos em lojas de aplicativos online, áudios, vídeos, sons e imagens, nomes de usuário e suas respectivas senhas, arquivos armazenados em nuvens ou conteúdo armazenado em qualquer dispositivo informático.

“Com a morte de seu titular, tais bens passam a compor a herança digital, instituto cuja proposta de tutela ficou a cargo do Projeto de Lei nº 4099/2012. Quem, entretanto, gostaria de ter todas suas conversas realizadas de forma privada, devassadas por qualquer pessoa que seja? O livro tem essa missão de debater sobre os impactos do projeto de lei mais abertamente”, disse o advogado.

Governo alerta para importância da vacina contra meningite

A SES mantém o monitoramento e acompanhamento de casos de meningite com a realização de todos os procedimentos de prevenção e controle da doença

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), mantém o monitoramento e acompanhamento de casos de meningite com a realização de todos os procedimentos de prevenção e controle da doença, além de alertar para importância do calendário vacinal completo e divulgar nota técnica informativa.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) adota o monitoramento dos casos, a disponibilização das vacinas em todos os municípios pertencentes às 18 regionais de saúde e a aplicação de medidas profiláticas, conforme orientação do Ministério da Saúde, para prevenção e controle da meningite no Maranhão. A incidência da doença meningocócica permanece em níveis considerados baixos para o volume da população do estado.

A Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças e o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) emitiram uma nota informativa esclarecendo que os casos registrados no estado não possuem vínculo epidemiológico.

A vacinação é apontada pela superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Maria das Graças Lírio, como a principal forma de prevenir a meningite.

“Desde os dois meses é necessário vacinar a criança, os pais precisam ficar atentos a este calendário. Não adianta a incompletude das doses vacinais, pois a prevenção será falha. Ter em dias a carteira de vacinação com todas as doses tomadas no tempo correto é ter certeza da prevenção 100%. Familiares ou pessoas próximas que tiveram contato com o paciente precisam realizar a profilaxia feita com a ingestão de antibióticos, prescrita pelo médico especialista”, explicou a superintendente Graça Lírio.

Campanha de vacinação

Para ampliar a cobertura vacinal no Maranhão, o Governo do Estado está convocando adolescentes para se vacinarem contra HPV e meningite C. O Dia D da Campanha será realizado, neste sábado (7), a partir das 8h, na Unidade de Ensino Básico (UEB) Maria José Vaz dos Santos, no bairro João de Deus, durante edição do Mais Saúde.

Neste ano, o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária da vacina meningite C para adolescentes, que agora passa a ser de 11 a 14 anos de idade. Em 2017, estavam sendo vacinados contra a doença meninas e meninos de 12 a 13 anos. Deverão ser vacinadas contra o HPV, meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Veja o esquema vacinal completo para prevenção:

VACINA
Vacina Pentavalente
Crianças menores de 1 ano de idade, com esquema de 3 doses, com intervalo de 60 dias entre as doses (esquema: 2, 4 e 6 meses de idade).

Vacina contra o Haemophillusinfluenzaetipo B
Vacina disponibilizada nos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) para grupos especiais.

Vacina BCG
O esquema recomendado é uma dose ao nascer, devendo ser administrada o mais precocemente possível, na própria maternidade ou na sala de vacinação da rede pública de saúde.

Vacina Meningocócica do sorogrupo C
Crianças menores de 1 ano:  2 doses aos 3 meses, 5 meses e 01 reforço aos 12 meses. Esta vacina pode ser feita até os 4 anos, 11 meses e 29 dias, caso a criança tenha perdido a oportunidade de vacinar menor de 1 ano.
Adolescentes: Dose única ou reforço conforme situação vacinal encontrada.

Vacina Pneumocócica 23 valente
Vacina disponibilizada nos centros de referência de imunobiológicos especiais (CRIE) para grupos especiais (acamados, esplenectomizados e outros).

Vacina Pneumocócica 10 valente
2 doses aos 2 meses e 4 meses; 1 reforço com 12 meses.
Esta vacina pode ser feita até os 4 anos, 11 meses e 29 dias, caso a criança tenha perdido a oportunidade de vacinar menor de 1 ano.

Instituto AOCP convoca candidatos classificados no concurso da Saúde

O Instituto AOCP publicou edital de convocação de aprovados

O Instituto AOCP realizará, neste sábado (7) e domingo (8), a perícia médica e a verificação da autodeclaração como pessoa preta ou parda dos candidatos classificados para o concurso público da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O certame visa o preenchimento de mil vagas do quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

Para os cargos administrativos, a verificação fenotípica será realizada, neste sábado (7), às 9h, no Colégio Estadual Benedito Leite, localizado na Praça Antônio Lobo, no Centro de São Luís. Já os candidatos convocados para a perícia médica deverão comparecer, neste sábado (7), às 13h, ao Colégio Universitário (Colun), na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Bacanga.

Confira a convocação para os cargos ADMINISTRATIVO, ASSISTENCIAL e ÁREA MÉDICA

Os candidatos da área médica realizarão a verificação fenotípica, neste sábado (7), às 10h, no Colégio Estadual Benedito Leite, localizado na Praça Antônio Lobo. A perícia médica ocorrerá, na mesma data, às 14h, no Colégio Universitário (Colun), na Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Para os candidatos da área assistencial, a verificação fenotípica será neste sábado (7) e domingo (8), das 10h às 17h e das 8h às 16h, no Colégio Estadual Benedito Leite, localizado na Praça Antônio Lobo, conforme cronograma divulgado no edital de convocação. Já a perícia médica será aplicada também no final de semana, sendo sábado das 13h às 17h, e no domingo das 8h às 16h, no Colégio Universitário (Colun), na Universidade Federal do Maranhão.

Os candidatos deverão comparecer aos locais da perícia médica e a verificação da autodeclaração com antecedência mínima de 30 minutos do horário de chegada, munidos de documento de identidade original e laudo médico que ateste a espécie, o grau ou o nível de deficiência, com expressa referência ao Código Internacional de Doença (CID), assim como a provável causa da deficiência.

De acordo com o edital, os candidatos que se autodeclararam negros, pretos ou partos serão submetidos a comprovação da informação durante esta segunda fase. Para verificar se a auto declaração é verdadeira, uma comissão vai considerar os ‘aspectos fenotípicos do candidato, os quais serão verificados obrigatoriamente com a presença in loco.

Resultado

O resultado preliminar da perícia e verificação fenotípica será divulgado no dia 11 e o período para a interposição de recursos vai de 12 a 13. O resultado final desta fase será divulgado no dia 17 de abril, mesma data da convocação dos candidatos aprovados para a prova de títulos, quando deverão apresentar os diplomas de doutorado, mestrado, especialização, produção cientifica ou aperfeiçoamento – com pontuação que varia de 0.3 a 3.10.

Para os candidatos classificados para os cargos de nível médio, será considerada apenas a experiência profissional. Por cada ano de experiência, o candidato terá um ponto. O Concurso Emserh é válido por dois anos, contado a partir da data de homologação do resultado final do certame, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, por conveniência administrativa. Os salários variam de R$ 1.000 até R$ 7.425,31 para nível médio e superior.

Older posts

© 2018 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑