Lagosta (à direita) foi apontado como líder do CV na Baixada Maranhense

Policiais civis e militares do Maranhão prenderam neste sábado (8), Diemerson dos Santos Carvalho, mais conhecido como “Lagosta. Ele é apontado como o líder da facção Comando Vermelho (CV), que atuava na baixada maranhense. Com ele a polícia apreendeu uma pistola .40 de uso exclusivo da polícia. De acordo com os policiais, a arma pertencia à PM do Pará.

Também foram presos na operação Alex Ferreira Damasceno, que também faz parte da facção Comando Vermelho e Leonardo Cadete Araújo. As prisões foram realizadas na cidade de Cururupu, a 435 quilômetros de São Luís.

O delegado Diego Duarte de Lemos, titular da Delegacia de Cururupu, disse ao Blog que “Lagosta” estava sendo monitorado. O bandido teria passado um tempo em Goiás e retornou para arregimentar integrantes para a facção criminosa na Baixada Maranhense.

Diemerson Lagosta já estava iniciando o recrutamento e foi responsável por duas tentativas de homicídios contra rivais do CV na última semana. Ele já possuía mandado de prisão expedido pelo juiz de Cururupu.

Armas e drogas apreendidas na operação

“Lagosta” e os comparsas foram autuados por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e por tráfico de drogas.

A ação foi coordenada pelo delegado Diego Duarte e contou com a participação dos investigadores Fernando carvalho, Gelson ferreira, Hellen Nuce e José Augusto. Além do apoio da companhia da Polícia Militar de Cururupu e Serrano do Maranhão.