Fãs do ‘Cartola’ reclamam de adiamento de jogo por morte do filho de Abel

Uma série de comentários desrespeitosos e egoístas envolvendo o adiamento da partida entre Ponte Preta e Fluminense, que ocorreria neste sábado, por causa da morte de João Pedro Braga, filho do técnico do Fluminense, Abel Braga, tomou conta das redes sociais, principalmente no Facebook.

Fãs do fantasy game ‘Cartola’ – plataforma que permite aos internautas montarem os times a cada rodada com jogadores que consideram ser os possíveis destaques das partidas, e que recebem pontos por meio dos desempenhos reais em campo – se mostraram insensíveis com a situação e reclamaram do adiamento do jogo.

As reclamações dos fãs do game giraram em torno da impossibilidade de reescalar jogadores após o “mercado” fictício do jogo ter sido fechado. Cartoleiros se mostraram insensíveis com a situação .

“Escalei time inteiro da Ponte e serei prejudicado? Sacanagem, né?”, escreveu um cartoleiro.

“O filho do cara morre e vocês adiam?”, perguntou outro. “O Cartola cancelou o jogo… E vamos perder pontos”, reclamou um terceiro.

“Toda perda é triste! Victor do Galo perdeu o pai e nenhum jogo foi adiado! Agora meu time no cartola fica prejudicado!” afirmou outro cartoleiro.

O adiamento da partida foi solicitado pelo Fluminense, tendo a Ponte Preta e a CBF concordado em remarcar a disputa para o dia 9 de agosto.

Confira: