O bebê continua em observação no Socorrão 1

O bebê jogado da ponte José Sarney, no São Francisco, nesse domingo (18), continua em observação Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão 1). A informação foi confirmada pelo diretor administrativo da unidade hospitalar, Rafael Coringa, em entrevista à TV Mirante na manhã desta segunda-feira (19).

A criança foi atendida e foi submetida a uma série de exames. As primeiras avaliações físicas não detectaram nenhum sinal de fratura, apenas um hematoma nas costas. Apesar disso, ainda não há previsão de alta, e o bebê está sendo acompanhado pela equipe de Assistência Social da unidade.

Relembre: Mulher joga bebê da ponte do São Francisco

“Até o momento, a criança passa bem, não apresenta nenhum quadro de febre, está reagindo bem e ela vai permanecer em observação”, afirmou Rafael Coringa.

No momento em que o menino foi arremessado, a maré estava secando e o ponto onde caiu tinha apenas lama. A criança foi socorrida por policiais militares e equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Populares assistiram ao resgate feito por policiais militares

A mãe da criança, identificada como Karla Regina Mendes Pereira, de 23 anos, foi presa. A família alega que ela sofre de transtornos mentais. A polícia investiga o caso.