Suspeito foi espancado e morto pela população (Foto: Reprodução TV Mirante)

Um homem suspeito de ter assaltado um eletricista no São Francisco foi espancado até a morte por pessoas que viram a ação criminosa na manhã desta terça-feira (10). Ele foi identificado como Joabe Frazão Barros, 21 anos, tinha uma extensa ficha criminal, segundo informou a Polícia Militar.

Joabe, acompanhado de um comparsa, abordou a vítima em uma parada de ônibus na Avenida Marechal Castelo Branco. O suspeito usou uma arma falsa (simulacro de arma de fogo) para intimidar o eletricista que não reagiu.

Joabe estava com um simulacro de arma de fogo no momento do espancamento

Na fuga, a moto em que os bandidos estavam derrapou e a população aproveitou para tentar pegá-los. O comparsa conseguiu subir na moto novamente e fugiu deixando Joabe para trás.

“A população agarrou ele. Quando a guarnição chegou ele já estava espancado, não se sentiu bem, e acabamos levando ele para o Socorrão 1 (Hospital Municipal Djalma Marques), onde veio a óbito”, contou o tenente Wolf, da Polícia Militar.

O eletricista que foi vítima dos assaltantes, disse que tudo aconteceu rápido. “Eu estava na parada esperando o ônibus para ir ao serviço, quando ele chegou, botou a arma, pegou a minha bolsa e saiu correndo”, contou o eletricista.

O simulacro de arma de fogo, que estava com Joabe, foi encaminhado para a Polícia Civil. O corpo do suspeito foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) na área Itaqui-Bacanga.

Relacionados

Professores farão passeata contra perda de direito... Movimento foi convocado pelo MO.VA.SE Progressão salarial é uma das das reivindicações Professores e profissionais da rede municipal de ensino em ...
Adolescente confessa participação na execução de e... Adolescente confessa participação na execução de eletricistas da Cemar em São Luís Um adolescente foi apreendido pela Polícia Militar na tarde des...
Redução de ocorrências a bancos reflete eficiência... Redução de ocorrências a bancos reflete eficiência de ações da Segurança Pública Diminuíram em 18,6% os registros contra agências bancárias no Mar...