Author: Michel Sousa (page 1 of 46)

Suspeito de matar ex-mulher a facadas é preso pela Polícia Civil

Suspeito foi preso no começo da tarde desta segunda-feira (20)

Uma ação da equipe de captura da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) resultou na prisão de um homem suspeito de ter assassinado a ex-esposa brutalmente, no bairro Bom Jesus. O assassino foi identificado como João Batista e foi capturado no bairro da Nova República, onde esteve escondido desde o dia do crime.

A técnica em enfermagem Domingas Ladyelle Maciel foi morta a facadas pelo ex-companheiro dentro de casa, na última quinta-feira (16), no bairro Bom Jesus. Segundo a delegada Viviane Azabuja, do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), João Batista não aceitava o fim do relacionamento de 16 anos e por isso cometeu o crime.

O corpo da técnica em enfermagem foi encontrado por vizinhos que foram ouvidos e contaram que Batista teria ido à casa da vítima para conversar, mas que em dado momento houve uma discussão que resultou na morte de Domingas.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo. Segundos os últimos dados divulgados pelo Departamento de Feminicídio do Maranhão, 33 mulheres foram vítimas de assassinato e 15 sofreram tentativas – sem contar os que ainda estão em investigação.

De acordo com o mapa da violência, o Brasil é o quinto país no mundo onde mais ocorre morte violenta de mulher. O número de vítimas do sexo feminino no Maranhão, mortas por seus companheiros, tem aumentado em proporção alarmante nos últimos 10 anos.

Os homicídios causados por desequilíbrios emocionais, com uso da força masculina, tornaram-se mais frequentes.

Vigilante é encontrado morto em obra que vigiava no Planalto Vinhais

Corpo de vigilante foi achado na obra em que vigiava

Um vigilante foi encontrado morto por moradores do bairro Planalto Vinhais na manhã deste domingo (19). Odemar Pereira Batista, 66 anos, teria sido morto com golpes de facadas e pauladas durante a madrugada.

O corpo do vigilante foi encontrado no terreno de um centro comercial em construção, onde ele trabalhava e morava. A vítima  seria natural da cidade de Belém do Pará e o empreendimento pertenceria ao irmão dele.

Segundo a Polícia Civil, o vigilante teria convidado algumas pessoas para beber no local. No início da madrugada teria havido um desentendimento e a vítima foi brutalmente assassinada a pauladas e golpes de faca. No local foram encontradas várias garrafas de bebidas alcoólicas.

Como nenhum pertence da vítima foi levado, os policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), da Polícia Civil, trabalham com a possibilidade do crime ter sido cometido por alguém próximo ao ciclo de amizade do vigilante.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo de Odemar do local por volta das 10h40 da manhã. Até agora nenhuma das pessoas que estiveram no local com o vigilante foram identificadas. O crime será investigado pela equipe da SHPP.

Polícia Civil apreende 65 kg de droga avaliada em pouco mais de R$ 1 milhão

Polícia prendeu dois homens que transportavam a droga

Cerca de R$ 1 milhão em drogas é apreendido pela Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) na BR-222, em Santa Inês, durante a madrugada deste sábado (18). Duas pessoas foram presas transportando em um veículo 65 kg de crack e pasta base de cocaína.

Os suspeitos presos na ação foram identificados como Deuzuete Rodrigues da Cruz, 54 anos, e José Roberto da Silva Martins, 47 anos. O entorpecente estava escondido em um compartimento da carroceria do veículo abordado na rodovia federal.

A apreensão é fruto de um trabalho investigativo que foi realizado ao longo dos últimos cinco dias nas cidades de Santa Inês, Buriticupu e Santa Luzia do Tide. A ação foi realizada após o departamento antidrogas ter recebido informações sobre a chegada do carregamento.

A droga estava vindo para a capital maranhense para ser distribuída nos bairros da cidade. Os dois suspeitos foram conduzidos para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Ambos tem passagem pela polícia por tráfico, associação criminosa e tentativa de homicídio.

Droga estava escondida em compartimento secreto do veículo

Documento da PF descarta participação do secretário Carlos Lula na “Operação Pegadores”

Um documento  divulgado pela Polícia Federal descarta a participação do secretário Carlos Lula na “Operação Pegadores”, que investiga esquema que desviou mais de R$ 18 milhões de verbas federais, até setembro de 2015, destinada a saúde do Maranhão.

O texto esclarece que os desvios do recurso acabaram justamente quando Carlos Lula assume a função de subsecretário da pasta, diferente do que alguns veículos da imprensa têm noticiado usando uma fala mal elaborada da superintendente da Polícia Federal para acusar Carlos Lula de omissão no esquema. Leia o texto:

Documento descarta envolvimento do atual secretário em qualquer esquema

Outro trecho da decisão judicial ressalta que Carlos Lula questionou o procedimento. Acompanhe abaixo:

Trecho foi extraído da decisão da 1ª Vara da Justiça Federal

Além disso, foi na gestão de Carlos Lula que houve a começo da desarticulação dos ‘esquemas das terceirizadas’ – iniciadas ainda na época de Ricardo Murad. A implantação da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares e os 5.149 aprovados no seletivo são prova disto.

Atualmente, a gestão de Carlo Lula optou pela criação de seletivo para preencher 46 vagas para o cargo comissionado de auditor em saúde, atraindo mais de sete mil candidatos de todo o estado. Antes, essas vagas seriam ocupadas por indicação ou apadrinhamento político.

 

Polícia prende quatro suspeitos de assaltarem a Faculdade Pitágoras em São Luís

Suspeitos de invadirem faculdade Pitágoras foram presos pela Policia Civil

Os quatro homens que invadiram, assaltaram e balearam um policial dentro da Faculdade Pitágoras foram presos na noite desta quarta-feira (15) por uma equipe da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Armando Pacheco. Eles foram identificados como Elias Loureiro, 29 anos; Denílson Diniz Pereira, 18 anos; Jean da Conceição Azevedo, 25 anos;  e Jefferson Silva Ferreira, 22 anos.

Segundo a polícia, Elias era aluno da universidade e deu detalhes sobre como funcionava a segurança no local. Ele e Jean ficaram no carro, enquanto os outros dois invadiram o local para cometerem o crime. Jefferson confessou ter atirado no policial militar e deu detalhes da dinâmica do crime – durante a troca de tiros o suspeito levou um tiro no pé e um tiro de raspão na orelha.

Com os quatro suspeitos foram apreendidos vários aparelhos celulares, relógios e certa quantia em dinheiro. Todos foram levados para o plantão de Polícia Civil do Cohatrac.

A tentativa de arrastão causou pânico e tumulto entre os alunos, tendo uma das salas tomada pelos bandidos. Vídeos gravados por universitários mostram o momento de tensão vivido por eles na noite de terça-feira (14). (Veja o vídeo abaixo)

Mais três suspeitos são presos pela emboscada que matou PM na Maioba

Dois suspeitos foram presos no Monte Castelo e o terceiro preso pela Homicídios

Mais três homens foram presos por suspeita de participação nos homicídios do cabo da Polícia Militar Josélio Rocha Silva e seu enteado Yuri de Paula Silva, no último domingo (12). Robson Rudson, conhecido como Divinéia, 23 anos, e Edmilson Viana Ribeiro Júnior, o Junior Peste, de 27 anos, foram capturados na noite desta terça-feira (14), no bairro Monte Castelo, em São Luís. A polícia confirma que sete pessoas participaram diretamente da emboscada.

Os dois foram presos quando policiais militares do 9º e do Batalhão Tiradentes interceptaram um veículo no bairro Monte Castelo, em São Luís, e encontraram dois homens. Eles foram apontados como os principais articuladores e responsáveis pela emboscada que matou o PM e seu enteado, além de deixar duas pessoas feridas, entre elas um bebê de um ano.

Júnior Peste tem várias passagens pela polícia por homicídio, tentativa de homicídio, associação criminosa armada, trafico de drogas e roubo qualificado por uso de arma de fogo. Os dois suspeitos são integrantes de uma facção criminosa que atua em bairros de São Luís. Eles foram encaminhados para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) como suspeitos de participação no crime.

Abacate foi preso por policiais da SHPP

O terceiro suspeito, identificado como Mateus Vinícius da Silva, o Abacate, 19 anos, foi preso por policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) por força de mandado de prisão. Ele também tem envolvimento na emboscada realizada no último domingo (12).

No dia do duplo homicídio, policiais militares conduziram outros dois relacionados ao crime. Álvaro Teixeira Santos e Werbeth Mendes Pinho, conhecido por Bebeto, ambos de 27 anos foram localizados nos bairros Liberdade e Pão de Açúcar, respectivamente. Deles, os policiais disseram que apenas Bebeto confessou participação no crime, mas Álvaro teria sido reconhecido por uma das vítimas, de acordo com a polícia.

Suspeitos foram presos no bairro da LIberdade

Relembre o crime

O crime aconteceu na tarde deste domingo (12), na Estrada da Maioba, próximo a Estrada do Sítio – via que dá acesso ao Maiobão. Yuri Chacal, a esposa, o filho de um ano, a mãe e o policial passaram o dia em um parque aquático da região e estavam voltando para casa quando foram surpreendidos por seis homens em dois carros.

Policial e enteado foram executados na estrada da Maioba

Os criminosos deixaram o veículo que levava as vítimas passar a frente para só depois atacar. Dois homens desceram, correram em direção ao carro do policial e efetuaram vários disparos. A esposa de Yuri e o filho do casal foram alvejados, assim como o policial e o próprio Chacal. Apenas a mãe dele, companheira do cabo Josélio saiu ilesa do atentado.

As investigações são de responsabilidade da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Confira lista com classificados para 2ª etapa de seletivo para auditor em saúde

A lista com os nomes dos 230 convocados para a próxima etapa do seletivo para auditor em saúde, promovido pelo Governo do Maranhão, foi divulgada nesta terça-feira (14), no site da Secretaria de Estado da Saúde (clique aqui)’. Os candidatos passarão por entrevista técnica realizada na sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES),  no dia e horário divulgados na lista, seguindo a ordem classificatória. O certame oferece 46 vagas, com remuneração de R$ 4.937,00.

Esta é a primeira vez que o órgão realiza um seletivo para cargo comissionado de livre nomeação e exoneração. O processo seletivo atraiu a inscrição de 7.474 candidatos, muitos do interior do Maranhão e de outros estados.  “Estamos apostando no mérito das pessoas. Poderíamos seguir o procedimento comum de indicar, mas é um cargo estratégico e queremos fortalecer a auditoria das nossas unidades e da secretaria. Queremos contar com pessoas que sejam os mais aptos a exercer a função”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

A secretária adjunta de Administração da SES e presidente da Comissão Organizadora e Avaliadora do seletivo, Maiara Lena da Silva Nunes, destaca que os convocados precisam estar atentos à data e horário das entrevistas, que constam na lista de convocados, e com a documentação obrigatória a ser apresentada. O candidato que não comparecer à entrevista conforme agendamento ou não apresentar os documentos será desclassificado.

“Os convocados precisam chegar com 30 minutos de antecedência para que seja verificada a documentação. É essencial que seja apresentado um documento de identificação com foto, os certificados de conclusão do curso de graduação e pós-graduação, conforme consta na inscrição”, ressaltou a presidente da Comissão Organizadora. As entrevistas acontecem entre os dias 20 e 28 deste mês.

Se na primeira fase de análise dos currículos for observado grau de compatibilidade das experiências profissionais com as exigências do cargo, seguindo como critério as especializações de cada inscrito, na segunda etapa será avaliado o perfil do candidato e a comprovação das experiências relatadas.

“Vamos avaliar agora a parte comportamental, experiências e a parte técnica relatada. Para ser auditor é preciso ter foco na análise dos processos, uma visão geral de procedimentos de auditoria e também ter conhecimento sobre o sistema de saúde”, frisou.

A lista geral dos inscritos e a classificação também serão publicados no site www.saude.ma.gov.br.

Seletivo

De acordo com a Portaria/SES/MA Nº 759, para concorrer ao cargo de auditor em saúde era preciso ter ensino superior em Ciência Contábil, Administração, Administração Hospitalar, Economia, Direito, Medicina, Odontologia, Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Farmácia, Biomedicina ou qualquer curso superior, desde que seja comprovada pós-graduação na área de Auditoria.

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, de segunda a sexta-feira, em consonância com a legislação estadual. As oportunidades são para São Luís e regiões de Rosário, Itapecuru, Chapadinha, Codó, Pinheiro, Viana, Timon, Santa Inês, Zé Doca, Açailândia, Imperatriz, Balsas, São João dos Patos, Presidente Dutra, Pedreiras, Barra do Corda, Bacabal e Caxias.

Favela do Samba elege samba enredo para o carnaval 2018

A parceria vencedora foi a de Gilvan Mocidade, Zé Lopes, Alex Brasil e Marcelo

A Sociedade Recreativa Escola Favela do Samba definiu na madrugada deste domingo (12) o samba enredo que vai ser entoado no carnaval de 2018. A proposta vencedora foi a dos compositores Gilvan Mocidade, Zé Lopes, Alex Lopes  e Marcelo Chalvinski.

Além da proposta vencedora, a final do concurso de samba enredo teve a participação de mais duas propostas, dos compositores Renato Dionizio, Josias Joca e Luzian Filho.

A comissão julgadora teve a presença do mestre de bateria da Beija-Flor, Rodney Ferreira, convidado especialmente para o evento. Além dele, estiveram na mesa: Riba Palmares, João Ewerton, Celso Brandão, Raimundo Barros, o carnavalesco Pedro Padilha e Wilson Chagas, entre outros.

Muito emocionado pela conquista, o compositor Gilvan Mocidade desabafou, logo o anuncio do resultado: “Esta é a terceira conquista aqui na Favela do Samba, fomos também vencedores nos anos de 2008 e 2009. Estou muito feliz! Esta vitória é o resultado de uma equipe de amigos que se juntaram para contribuir com a Favela. Temos um tremendo orgulho por mais esta conquista”.

Para o carnaval de 2018, a Favela do Samba promete pisar forte na Passarela do Anel Viário, com o enredo sobre a coluna Prestes no Maranhão, intitulado de “Visões da Coluna Prestes: Nas Trilhas do Sul do Maranhão, uma Coluna Vertebrada, com Ossos feitos de sonhos e esperanças”, baseado na obra do escritor Sálvio Dino.

Letra do samba enredo:

S.R.E.S Favela do Samba

Enredo: Visões da Coluna Prestes: Nas Trilhas do Sul do Maranhão, uma Coluna Vertebrada, com ossos feitos de sonhos e esperanças.

Compositores: Gilvan Mocidade, Zé Lopes, Alex Brasil e Marcelo Chalvinski

Linda Favela, Meu coração

A minha bateria Carcará

Está prestes a voar           

Nas asas coloridas da Emoção (BIS)

 

Cavaleiro da Esperança

O Sol da liberdade vai raiar

Do coração do Brasil

O sonho veio a cavalgar Oh!

Atravessou o Tocantins

Tenentes, Xerentes, Guaranis

Visão de uma pátria igualitária

De um herói que só queria ver seu

Povo mais feliz

Nas trilhas do Sul do Maranhão

Uma janela aberta, a luz da revolução

 

Corre que o dragão chegou

A coluna vai passar

Jogue flores com amor

Pra Favela desfilar  (BIS)

 

Ficou na lembrança de um menino

O sonho da igualdade popular

Vermelho pulsa o meu coração

Viva a nossa nação!

Sonho, ideal e esperança

 

Pinta tua cara vem pra rua vem lutar

Grita o teu desejo a coragem, vem mostra

Levanta essa bandeira “meu claro capitão’

Teu povo livre é tua paixão

Vamos! inicia em São Luís ciclo de debates populares por novo projeto de país

Vamos é um debate organizado pela Frente Povo Sem Medo e terá participação do MO.VA.SE

Nesta terça-feira (14) acontece em São Luís o “Ciclo de Debates Vamos”, organizado pela Frente Povo Sem Medo. O evento será realizado às 18h30, no auditório da Universidade Estadual do Maranhão, no Centro Histórico de São Luís.

O Movimento de Valorização dos Servidores da Educação de Paço do Lumiar (MO. VA. SE) participa da primeira reunião, na Região Metropolitana de São Luís, que vai discutir, na semana dedicada à comemoração do Dia da Proclamação da República, a formação da República Federativa do Brasil e a construção de um modelo republicano que supere uma longa história de golpes de estado.

O MO.VA.SE, em consonância com sua Carta de Princípios, mantém posição contrária ao governo do atual presidente Michel Temer e suas respectivas políticas conservadoras e neoliberais. Além disso, tem buscado desenvolver ações em defesa da educação pública, laica e gratuita e, ao mesmo tempo, tem procurado dialogar com outros movimentos sociais na expectativa de garantir e fortalecer os direitos da classe trabalhadora brasileira.

“É um ciclo de debates que discute um projeto democrático e popular; agrega contribuições para mudar o Brasil; fundamenta um programa estruturado nos seguintes eixos: Economia. Educação e Saúde. Cultura e Comunicação. Identidades. Política. Territórios e Meio Ambiente. Nós compartilhamos da ideia do VAMOS, que é realizar, nas redes e nas praças, uma discussão ampla que contemple a diversidade de representações dos movimentos sociais progressistas” destacou Kepler Ribeiro, representante do MO.VA.SE.

A plataforma é uma iniciativa da Frente Povo Sem Medo. Essa frente, fundada em outubro de 2015, reúne diversos lutadores do povo brasileiro e vários movimentos sociais da sociedade nacional, além disso, tal organização propõe uma agenda de reformas populares e tem atuação importante nas lutas contra o golpe parlamentar, contra o avanço conservador no país, contra as medidas de ajuste fiscal e contra os retrocessos sociais do governo Temer.

Dois suspeitos são presos por participação na morte de PM na Maioba

Os dois suspeitos foram presos no bairro da LIberdade

Dois suspeitos de envolvimento na emboscada que terminou com a morte do cabo da Polícia Militar Josélio Rocha Silva e seu enteado Yuri de Paula Silva, o Chacal, foram presos no bairro Liberdade. Eles foram identificados como Álvaro Teixeira Santos, 27 anos, e Werbeth Mendes Pinho, o Bebeto, 26 anos.

A polícia chegou ao paradeiro deles após denúncias recebidas pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciops). Um dos veículos usados na emboscada foi encontrado na Travessa Nossa Senhora das Graças em frente à residência de Álvaro que acabou sendo preso pelos militares do 9º Batalhão da PM.

Ao ser questionado sobre o assassinato, o suspeito disse que havia emprestado o carro para Werbeth pela manhã e disse que levaria os policiais até a casa dele localizada na Travessa São Jorge, onde o segundo suspeito acabou preso. Bebeto confessou o crime e deu detalhes de como tudo foi planejado, além de citar o nome dos demais envolvidos no crime. Os dois são membros de uma facção criminosa.

Os dois suspeitos foram conduzidos ao Plantão Central de Homicídios para serem autuados por homicídio qualificado. Segundo a polícia, todos os envolvidos foram identificados e estão sendo procurados pelas forças de segurança.

Policial e enteado foram executados na estrada da Maioba

O crime aconteceu na tarde deste domingo (12), na Estrada da Maioba, próximo a Estrada do Sítio – via que dá acesso ao Maiobão. Yuri Chacal, a esposa, o filho, a mãe e o policial passaram o dia em um parque aquático da região e estavam voltando para casa quando foram surpreendidos por seis homens em dois carros.

Os criminosos deixaram o veículo que levava as vítimas passar a frente para só depois atacar. Dois homens desceram, correram em direção ao carro do policial e efetuaram vários disparos. A esposa de Yuri e o filho do casal foram alvejados, assim como o policial e o próprio Chacal. Apenas a mãe dele, companheira do cabo Josélio saiu ilesa do atentado. (veja o vídeo abaixo)

Older posts

© 2017 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑