Aparelho ajuda no controle das crises da pequena Valentina

A família de uma menina de três anos, que ganhou na Justiça o direito de receber uma cirurgia para implante de um aparelho que previne crises convulsivas, comemora as mudanças na rotina através do uso do equipamento. Diagnosticada com epilepsia refratária, Ada Valentina, está bem de saúde, com as crises controladas e segue em plena recuperação.

A criança, que sofre de crises epilépticas, chegou a ficar em coma induzido por alguns dias. Porém, diante da mobilização de amigos e familiares, além da intervenção da Justiça a criança conseguiu ser submetida a cirurgia. Há vários dias ela não sofre com os transtornos da doença.

O drama dela foi denunciado pelo Blog do Michel Sousa e resultou num posicionamento da Justiça favorável a família da pequenina. “Ela está bem de saúde e com as crises controladas. Esta é a maior prova de que o procedimento deu certo e de que nós estávamos com razão”, afirmou a mãe da criança, Ana Paula Santos.

O caso provocou uma onda de solidariedade após o plano de saúde Hapvida se negar a realizar o procedimento mesmo com uma determinação proferida pela Justiça. Na ocasião, o plano chegou a dizer que a criança não estava estável para a cirurgia. No entanto, sugeriu que a cirurgia fosse feita em Fortaleza.

O impasse terminou depois que a Justiça proferiu nova decisão determinando a condução coercitiva dos diretores ou representantes legais do plano Hapvida e Hospital Guarás à delegacia para providências cabíveis. O plano ainda entrou com recurso contra a decisão, mas não conseguiu suspendê-la.

Relacionados

Nasce a Academia de Letras e Artes na cidade de Sã... Nasce a Academia de Letras e Artes na cidade de São Bernardo “Omnia vincit veritas”, trazendo essa expressão, que em português significa “A verdad...
Comunidade da Forquilha realiza 69º festejo em hon... Comunidade da Forquilha realiza 69º festejo em honra a Nossa Senhora das Graças. Veja programação A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, po...
Uso abusivo de whatsapp pode levar a indenização e... Uso abusivo de whatsapp pode levar a penalidades como indenização e até prisão, alerta advogada Entre as plataformas de comunicação digital, o wha...