Month: maio 2019

Paço do Lumiar é alvo de operação anticorrupção do Ministério Público

O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) realizou, na manhã desta terça-feira (7) com a participação da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), operação para cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos diversos documentos, computadores, telefones celulares e outras mídias eletrônicas.

A operação aconteceu simultaneamente nas cidades de Paço do Lumiar e São Luís, na Região Metropolitana da capital. O pedido foi feito pela 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar e a decisão foi proferida pela 1ª Vara do Termo Judiciário da referida comarca.

O Inquérito Civil, instaurado a partir de denúncia formulada junto à Ouvidoria do MP-MA, apurou que o município de Paço do Lumiar cometeu irregularidades na contratação de serviços de limpeza e higienização diária, asseio e conservação de áreas internas e externas nas instalações físicas e mobiliárias, roçagem, com fornecimento de mão de obra, materiais e equipamentos. A contratação da empresa Araújo & Matos Serviços e Comércio LTDA – ME (Liberty Serviços e Comércio) foi feita através de adesão à Ata de Registro de Preços.

As investigações apontaram que a empresa anteriormente contratada para prestar serviços gerais à Prefeitura de Paço do Lumiar foi o Instituto Bem Brasil. Vários contratados continuaram trabalhando, mesmo após a rescisão do contrato. Além disso, foi constatado que parte dos salários pagos pelo Município estavam abaixo do valor discriminado. Outros contratados também não receberam o pagamento.

De acordo com a investigação, os terceirizados não possuíam vínculo real com o Instituto Bem Brasil e com a Liberty Serviços e Comércio. Eles estavam, de fato, ligados ao controle da então secretária municipal de Administração e Finanças, Neusilene Núbia Feitosa Dutra (atualmente secretária municipal de Planejamento).

*Com informações do Ministério Público do Maranhão

Jornal Nacional mostra falta de livros e professores em Paço

Reportagem mostra que escola de Paço não tem professores e nem material didático

A falta de livro didático e de professores no município de Paço do Lumiar foi destaque no Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, nesta quinta-feira (2). A reportagem mostrou um estudo que revelou estes dois problemas que afetam e prejudicam a maioria dos alunos das escolas públicas do ensino básico.

Segundo o estudo apresentado, mais da metade dos professores do 5º ano do ensino Fundamental disse que não consegue dar toda a matéria prevista. Entre os que lecionam no 9º ano, foram quase 61%, índice parecido com o do 3º ano do ensino médio.

Arthur Felipe Silva, estudante do 9º ano do Fundamental da Unidade de Educação Básica Monteiro Lobato, em Paço do Lumiar criticou a falta de professores em sua escola e de material didático. “A gente tem que se virar em casa, pesquisar na internet. A gente tenta estudar, mas com a falta do professor é ruim”, contou.  

E essa não é uma reclamação isolada. Elas partiram da maioria dos diretores e de professores que atuam no ensino fundamental. Esses profissionais responderam a um questionário em 2017, quando os alunos fizeram a última prova do Saeb, que avalia o aprendizado em sala de aula a cada dois anos.

Especializado em análises na área de educação, o Iede, Interdisciplinaridade e Evidência dos Debates Educacionais, tabulou esses dados e revelou um quadro dramático. Em média, mais de 60% dos diretores disseram que faltam livros didáticos para os estudantes.

Confira a integra da reportagem abaixo: clicando aqui

© 2019 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑