Date: 13 de novembro de 2017

Favela do Samba elege samba enredo para o carnaval 2018

A parceria vencedora foi a de Gilvan Mocidade, Zé Lopes, Alex Brasil e Marcelo

A Sociedade Recreativa Escola Favela do Samba definiu na madrugada deste domingo (12) o samba enredo que vai ser entoado no carnaval de 2018. A proposta vencedora foi a dos compositores Gilvan Mocidade, Zé Lopes, Alex Lopes  e Marcelo Chalvinski.

Além da proposta vencedora, a final do concurso de samba enredo teve a participação de mais duas propostas, dos compositores Renato Dionizio, Josias Joca e Luzian Filho.

A comissão julgadora teve a presença do mestre de bateria da Beija-Flor, Rodney Ferreira, convidado especialmente para o evento. Além dele, estiveram na mesa: Riba Palmares, João Ewerton, Celso Brandão, Raimundo Barros, o carnavalesco Pedro Padilha e Wilson Chagas, entre outros.

Muito emocionado pela conquista, o compositor Gilvan Mocidade desabafou, logo o anuncio do resultado: “Esta é a terceira conquista aqui na Favela do Samba, fomos também vencedores nos anos de 2008 e 2009. Estou muito feliz! Esta vitória é o resultado de uma equipe de amigos que se juntaram para contribuir com a Favela. Temos um tremendo orgulho por mais esta conquista”.

Para o carnaval de 2018, a Favela do Samba promete pisar forte na Passarela do Anel Viário, com o enredo sobre a coluna Prestes no Maranhão, intitulado de “Visões da Coluna Prestes: Nas Trilhas do Sul do Maranhão, uma Coluna Vertebrada, com Ossos feitos de sonhos e esperanças”, baseado na obra do escritor Sálvio Dino.

Letra do samba enredo:

S.R.E.S Favela do Samba

Enredo: Visões da Coluna Prestes: Nas Trilhas do Sul do Maranhão, uma Coluna Vertebrada, com ossos feitos de sonhos e esperanças.

Compositores: Gilvan Mocidade, Zé Lopes, Alex Brasil e Marcelo Chalvinski

Linda Favela, Meu coração

A minha bateria Carcará

Está prestes a voar           

Nas asas coloridas da Emoção (BIS)

 

Cavaleiro da Esperança

O Sol da liberdade vai raiar

Do coração do Brasil

O sonho veio a cavalgar Oh!

Atravessou o Tocantins

Tenentes, Xerentes, Guaranis

Visão de uma pátria igualitária

De um herói que só queria ver seu

Povo mais feliz

Nas trilhas do Sul do Maranhão

Uma janela aberta, a luz da revolução

 

Corre que o dragão chegou

A coluna vai passar

Jogue flores com amor

Pra Favela desfilar  (BIS)

 

Ficou na lembrança de um menino

O sonho da igualdade popular

Vermelho pulsa o meu coração

Viva a nossa nação!

Sonho, ideal e esperança

 

Pinta tua cara vem pra rua vem lutar

Grita o teu desejo a coragem, vem mostra

Levanta essa bandeira “meu claro capitão’

Teu povo livre é tua paixão

Vamos! inicia em São Luís ciclo de debates populares por novo projeto de país

Vamos é um debate organizado pela Frente Povo Sem Medo e terá participação do MO.VA.SE

Nesta terça-feira (14) acontece em São Luís o “Ciclo de Debates Vamos”, organizado pela Frente Povo Sem Medo. O evento será realizado às 18h30, no auditório da Universidade Estadual do Maranhão, no Centro Histórico de São Luís.

O Movimento de Valorização dos Servidores da Educação de Paço do Lumiar (MO. VA. SE) participa da primeira reunião, na Região Metropolitana de São Luís, que vai discutir, na semana dedicada à comemoração do Dia da Proclamação da República, a formação da República Federativa do Brasil e a construção de um modelo republicano que supere uma longa história de golpes de estado.

O MO.VA.SE, em consonância com sua Carta de Princípios, mantém posição contrária ao governo do atual presidente Michel Temer e suas respectivas políticas conservadoras e neoliberais. Além disso, tem buscado desenvolver ações em defesa da educação pública, laica e gratuita e, ao mesmo tempo, tem procurado dialogar com outros movimentos sociais na expectativa de garantir e fortalecer os direitos da classe trabalhadora brasileira.

“É um ciclo de debates que discute um projeto democrático e popular; agrega contribuições para mudar o Brasil; fundamenta um programa estruturado nos seguintes eixos: Economia. Educação e Saúde. Cultura e Comunicação. Identidades. Política. Territórios e Meio Ambiente. Nós compartilhamos da ideia do VAMOS, que é realizar, nas redes e nas praças, uma discussão ampla que contemple a diversidade de representações dos movimentos sociais progressistas” destacou Kepler Ribeiro, representante do MO.VA.SE.

A plataforma é uma iniciativa da Frente Povo Sem Medo. Essa frente, fundada em outubro de 2015, reúne diversos lutadores do povo brasileiro e vários movimentos sociais da sociedade nacional, além disso, tal organização propõe uma agenda de reformas populares e tem atuação importante nas lutas contra o golpe parlamentar, contra o avanço conservador no país, contra as medidas de ajuste fiscal e contra os retrocessos sociais do governo Temer.

Dois suspeitos são presos por participação na morte de PM na Maioba

Os dois suspeitos foram presos no bairro da LIberdade

Dois suspeitos de envolvimento na emboscada que terminou com a morte do cabo da Polícia Militar Josélio Rocha Silva e seu enteado Yuri de Paula Silva, o Chacal, foram presos no bairro Liberdade. Eles foram identificados como Álvaro Teixeira Santos, 27 anos, e Werbeth Mendes Pinho, o Bebeto, 26 anos.

A polícia chegou ao paradeiro deles após denúncias recebidas pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciops). Um dos veículos usados na emboscada foi encontrado na Travessa Nossa Senhora das Graças em frente à residência de Álvaro que acabou sendo preso pelos militares do 9º Batalhão da PM.

Ao ser questionado sobre o assassinato, o suspeito disse que havia emprestado o carro para Werbeth pela manhã e disse que levaria os policiais até a casa dele localizada na Travessa São Jorge, onde o segundo suspeito acabou preso. Bebeto confessou o crime e deu detalhes de como tudo foi planejado, além de citar o nome dos demais envolvidos no crime. Os dois são membros de uma facção criminosa.

Os dois suspeitos foram conduzidos ao Plantão Central de Homicídios para serem autuados por homicídio qualificado. Segundo a polícia, todos os envolvidos foram identificados e estão sendo procurados pelas forças de segurança.

Policial e enteado foram executados na estrada da Maioba

O crime aconteceu na tarde deste domingo (12), na Estrada da Maioba, próximo a Estrada do Sítio – via que dá acesso ao Maiobão. Yuri Chacal, a esposa, o filho, a mãe e o policial passaram o dia em um parque aquático da região e estavam voltando para casa quando foram surpreendidos por seis homens em dois carros.

Os criminosos deixaram o veículo que levava as vítimas passar a frente para só depois atacar. Dois homens desceram, correram em direção ao carro do policial e efetuaram vários disparos. A esposa de Yuri e o filho do casal foram alvejados, assim como o policial e o próprio Chacal. Apenas a mãe dele, companheira do cabo Josélio saiu ilesa do atentado. (veja o vídeo abaixo)

© 2017 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑