Ao contrário do que está sendo divulgado em alguns blogs, o atendimento aos pacientes de urgência segue normalmente no Hospital Carlos Macieira, segundo informou a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão.

O boato divulgado nas redes sociais diz que os profissionais médicos anestesistas estariam em greve por atraso no pagamento, o que teria impedido o tratamento de 25 pacientes oriundos do interior do estado.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que efetuou o repasse ao Instituto Gerir no início no mês de outubro, de modo a garantir o pagamento salarial dos grupos médicos do Hospital Carlos Macieira.

A Secretaria esclareceu ainda que o atendimento aos pacientes de urgência segue regular e dentro da normalidade.