Date: 18 de julho de 2017

Motorista para veículo e comete suicídio às margens da BR-316

Ana Elisabeth Felix seria professora de pós-graduação em libras de uma faculdade de Caxias

Uma mulher cometeu suicídio às margens da BR-316, nas proximidades do povoado Brejinho (MA) no começo da tarde desta terça-feira (18). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima seria professora de pós-graduação em libras de uma faculdade de Caxias, no leste do Maranhão.

Uma equipe PRF da Unidade Operacional de Caxias atendeu uma ocorrência rara na BR-316 depois que recebeu informações de um aglomerado de pessoas às margens da rodovia por conta do suicídio de uma mulher.

Ainda de acordo com a PRF,  Ana Elisabeth Felix chegou até o local em um Ford KA preto, desceu do veículo e em seguida se enforcou em uma árvore. Vários veículos de curiosos pararam ocupando parte da pista de rolamento tornando o lugar suscetível de algum tipo acidente.

A PRF chegou ao local e fez o controle do trânsito. A Polícia Civil foi acionada para fazer a perícia e remover o corpo.

A atitude da professora na BR-316 não foi o único do gênero em Caxias.  Um jovem de 18 anos também tirou a própria vida. Ele era filho de um médico e professor da cidade.

Mapa da Violência 2017

Criador do Mapa da Violência, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz destaca que o suicídio também cresce no conjunto da população brasileira. A taxa aumentou 60% desde 1980.

“É como se os suicídios se tornassem invisíveis, por serem um tabu sobre o qual mantemos silêncio. Os homicídios são uma epidemia. Mas os suicídios também merecem atenção porque alertam para um sofrimento imenso, que faz o jovem tirar a própria vida”, alerta Waiselfisz, coordenador da Área de Estudos da Violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso).

Em números absolutos, obtidos com exclusividade pela BBC Brasil, foram 2.898 suicídios de jovens de 15 a 29 anos em 2014, um dado que costuma desaparecer diante da estatística dos homicídios na mesma faixa etária, cerca de 30 mil.  (Veja mais aqui)

 

Jovem de 14 anos tenta assaltar ônibus e é morto por passageiro

Jovem foi alvejado no abdômen ao tentar esfaquear passageiro

Um jovem de 14 anos ainda não identificado foi morto durante uma tentativa de assalto ocorrido no começo da tarde desta terça-feira (18) dentro de um ônibus do transporte público, próximo ao Anel Viário, no Centro de São Luís.

Ele tentou esfaquear um estudante de administração, que também é policial militar, durante a ação e acabou sendo alvejado no abdômen.

Segundo a polícia, o assaltante se passando por passageiro, entrou em um ônibus da linha Campus Integrado no Terminal de Integração da Praia Grande, no Centro Histórico da capital. Na parada seguinte, nas proximidades do Anel Viário, o criminoso anunciou o assalto.

O adolescente estava armado com uma faca e começou a tomar os pertences dos passageiros. Uma das vítimas, nervosa com a situação, demorou a entregar o celular, quando o assaltante ameaçou dar uma facada contra ela.

Menor de 14 anos foi levado para o hospital, mas não resistiu e veio a óbito

Um estudante de administração se identificou como policial e pediu para que o assaltante soltasse a arma. No entanto, o bandido ignorou o comando e tentou esfaquear o policial, que precisou atirar contra o suspeito para evitar a agressão.

O suspeito chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu no Hospital Djalma Marques, Socorrão 1. Os passageiros, vítimas do roubo, e o policial que atirou contra o ladrão foram levados para o 1º Distrito Policial do Centro da capital para prestar depoimento.

A arma do policial foi apreendida e policial encaminhado para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI) para prestar depoimento.

© 2018 Blog do Michel Sousa

Blog desenvolvido por: Bruno AlvesUp ↑